Vale das Videiras

Quem me conhece sabe que adoro praticar esportes durante uma viagem! Se me convidarem para um mergulho, um pedal ou uma remada eu topo fácil e feliz! Scuba, bike e kayak são meus esportes “outdoors” favoritos, e nesse post vou contar sobre um lugar que eu adoro pedalar, o Vale das Videiras, que atravessa belas fazendas, e margeia um dos mais lindos vales da região serrana do Rio de Janeiro.

O Vale das Videiras

O Vale das Videiras pertence ao município de Petrópolis, perto das cidades de Paraíba do Sul, Miguel Pereira e Paty do Alferes. Um destino ligado ao esporte e ao turismo ecológico! Perfeito para curtir e integrar-se com a natureza, fazer trilhas e pedaladas em meio a belas paisagens de montanhas, riachos e cachoeiras. Durante o dia, o clima é seco e agradável na maior parte do ano. A noite cai um friozinho gostoso, e no verão faz calor pra valer –  já que o clima é seco.

Vale das Videiras

Além da beleza natural, a região tem importância histórica também, já que a Estrada Real passou por ali levando mineradores à Cidade Imperial de Petrópolis. Aliás, o nome Vale das Videiras também tem origem histórica, vem da época do Brasil Colônia quando imigrantes italianos plantaram parreiras no local para produzir vinhos. O local, um pouco isolado, ainda permanece com jeitão rural até hoje! Nota-se isso facilmente nas fachadas das sedes das fazendas que fabricam artesanalmente cervejas, cachaças e queijos.

vale-das-videiras-1 (Copy)

Por dentro do Galpão Caipira

E para completar, o Vale das Videiras tem o Galpão Caipira, um grande ponto de encontro de ciclistas nos finais de semana e feriados. Uma ótima oportunidade para conhecer novos lugares e fazer novos amigos! Estive lá várias vezes, sendo a ultima no Encontro Imperial, um encontro de blogueiros organizado pelo blog Mala de Aventuras. Foi lá  também que conheci meu treinador Gilmar Azevedo, que ajudou-me na preparação de uma super aventura que eu contarei em breve para vocês!

O Galpão oferece toda a infra e suporte aos aventureiros de biking e de trekking, e ainda ajuda a divulgar o ecoturismo da região. Sua estrutura conta com um restaurante que serve pratos artesanais, uma deli com produtos orgânicos e caseiros da região do vale, um spa perfeito para relaxar depois da pedalada, e ainda uma lojinha de produtos de decoração rural.

Restaurante

Sua culinária é artesanalmente elaborada, com um toque de produtos locais. Um lugar perfeito para encontrar os amigos depois do pedal e conversar sobre os desafios do dia e… tomar uma cerveja Imperial! Sem falar na fome que vai encontrar a vontade de comer… haha

Galpão Caipira

Delicatessen

Vocês vão encontrar queijos, geleias, frios, condimentos e outras iguarias produzidos nas redondezas e destinados a um público exigente e sofisticado que circula por ali nos fins de semana.

Lojinha

Encontrarão por lá peças como utensílios de cozinha, decoração de interiores e jardim no estilo rural-chic das propriedades da região. Eu já tenho uma bandeja para chás (amo) e um quadrinho de ciclista, mas toda vez que vou lá não resisto a comprar um novo presentinho para mim!

Araras-Galpao-caipira-itaipava - 1 (2)

Guias do Galpão Caipira

O Galpão dispõe de guias, mas você pode fazer um passeio auto-guiado, se preferir. Com ou sem guia eles vão te indicar diversas trilhas, cachoeiras e mirantes para você conhecer. Eu já fui diversas vezes, com e sem guia. Uma vez até caí de bike e me deram total apoio pois os guias trabalham munidos de rádio transmissores (telefone não pega bem lá heim) e contam ainda com o apoio de uma Land Rover 4×4 para resgatar algum perdido ou machucado, se necessário. Chegam até com um mimo que chamam de “kit alívio”: água, toalha de rosto e barrinha de cereal.

Galpão Caipira

Spa

Tem um spa maravilhoso para quem quer relaxar e fazer uma massagem depois do pedal com massoterapeutas treinados em fazer você repor as energias perdidas da trilha (além da cerveja imperial que eu não dispenso).

Araras-Galpao-caipira-itaipava - 1 (3)

Uma vez eu levei meu cachorrinho Billy, um Westie, e eles cuidaram dele enquanto eu pedalei e fiz massagem!

vale-das-videiras-2 (Copy)

Além do spa do próprio Galpão, eles tem uma unidade avançada que é o SPA DA CACHOEIRA. Você pode chegar até la de bike. Fica numa propriedade privada do Galpão com cachoeira, riacho e muito verde. Um local perfeito para massagear o corpo e a mente!

Araras-Galpao-caipira-itaipava - 1 (11)

Vestiário

Imprescindível depois da trilha é tomar um bom banho… Eles pensaram nisso também e colocaram vestiários feminino e masculino, com duchas, shampoo, sabonete e toalhas (cobrado a parte como os outros serviços – justo). Ah! Tem também secador de cabelos! Pedalar, tomar um banho, fazer uma massagem, depois comer e beber algo no restaurante. Não precisa de mais nada, não é?

Araras-Galpao-caipira-itaipava - 1 (5)

Aluguel de bikes

Pra quem não quiser trazer sua bike, o Galpão Caipira oferece aluguel de bicicletas de qualidade profissional (da marca Especialized).

Araras-Galpao-caipira-itaipava - 1 (1)

Suites

Uma novidade! O Galpão Caipira agora tem algumas suites para quem quiser hosperdar-se na região. Normalmente ficava em Araras, mas agora estou programando em breve conhecer as suites do Galpão.

As Trilhas no Vale das Videiras

AS trilhas são demarcadas com GPS e de diversos níveis de dificuldade, tanto em preparo físico como técnico, do mais básico ao mais difícil. Não se preocupe se você é iniciante. Se é expert, também não faltarão trechos íngremes e obstáculos radicais pra você. São tantas opções que o Vale das Videiras é hoje considerado uma referência nas modalidades de ciclismo de montanha. É lá que ocorre uma das etapas do Circuito Nacional de Ciclismo de Regularidade.

Araras-Galpao-caipira-itaipava - 1 (8)

Há trilhas para a prática de mountain biking e também para speed biking como é o trecho da RJ-117 que liga o Vale das Videiras a Paty do Alferes, uma estrada asfaltada e com pouco movimento, condição ideal para treinos. Um dos mais hards é o percurso de 56km que sai do Galpão, passa por Sardoal, Avelar e Arcozelo. Veja na programação do Galpão quando será o próximo pedal por lá clicando aqui. No Encontro Imperial, fizemos uma trilha de bike mais curta, de aproximadamente 12 km, com destino ao Poço São Pedro, com estrada de chão, subidas e descidas. Ao final um mergulho e um piquenique com frutas, sucos e barrinhas de cereais oferecido pelo Galpão Caipira.

Araras-Galpao-caipira-itaipava - 1 (7)

Imperdível é o “pedal da lua cheia”! Pedalar com a iluminação natural da noite é incrível. Mais uma vez guias e o carro de apoio do galpão é indicado. Não por uma questão de segurança, pois pedalar no Vale das Videiras é uma tranquilidade, você não fica com medo de ter sua bike roubada ou ser vítima da violência. O carro é mais para dar apoio a alguém cansado ou que se machuque, por exemplo.

Araras-Galpao-caipira-itaipava - 1

Como chegar no Vale das Videiras

O Vale das Videiras é um distrito Petrópolis, e fica entre Araras e a cidade de Paty do Alferes e Miguel Pereira. Pegue a BR 040 até a altura da placa para Araras (antes de Itaipava) que fica à sua esquerda de quem vem do Rio de Janeiro. E siga toda vida por uma linda estradinha. Repare nas montanhas a volta, o rochedo chama-se Maria Comprida.

Galpão Caipira: Estrada Almirante Paula Meira, 8.320 – Vale das Videiras – (24) 2225.3072

Agradecemos as meninas do Blog Mala de Aventuras, Gaia e Nanda, que organizaram essa super programação em Petrópolis, Itaipava e Araras.

Mala de Aventuras | @maladeaventuras | www.maladeaventuras.com

Blogs participantes do Encontro Imperial:

Gostou das dicas do Vale das Videiras?

Continue lendo:

+ Onde comer e comprar em Itaipava

+ O que fazer em Petrópolis, no Parque Nacional Serra dos Orgãos 

Obrigada pela visita, volte sempre!

flavia ribeiro viagens

Escrito por
Publicado em

Deixe aqui seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *