Santorini

Santorini | Essencial

Localizada no arquipélago das Ilhas Cyclades, Santorini não é simplesmente uma ilha, é na verdade um vulcão! Aquele penhasco, onde as casinhas pintadas de branco e azul foram construídas, tem vista para a caldeira deste vulcão – que ainda está ativo!

Fica na costa leste da Grécia, a 200 quilômetros de Atenas em pleno Mar Egeu, que é um mar no interior da bacia do Mediterrâneo. É realmente o destino mais romântico da Grécia, pois do alto do seu penhasco, em forma de lua crescente, estão os mais lindos hotéis-boutiques que inspiram viagens de lua de mel em todos os cantos. Além de, claro, ótimos restaurantes e lojinhas encantadoras.

A população é de aproximadamente 15.000 habitantes, e a ilha vive em função do turismo e da indústria do vinho.

Santorini

Santorini

História

Conta a lenda que Santorini é a cidade perdida de Atlântida. Seus habitantes eram sábios e portadores de grandes riquezas. Mas, no entanto, esse mundo perfeito sofreu um revés… Zeus, deus dos deuses gregos da antiguidade, ficou enfurecido ao ver que os habitantes da ilha tornaram-se perversos e gananciosos, e fez com que ela desaparecesse em meio a terremotos, erupções e tempestades. Será?

E realmente houve uma forte erupção vulcânica há 3500 anos atrás que ocasionou o desmoronamento de parte da ilha em 1450 a.C. Um grande tsunami com ondas de mais de 100 metros de altura e velocidade de 100km/h inundaram até as ilhas vizinhas, como Creta. Toda a área central da ilha acabou submergindo dando-lhe o formato atual.

Santorini

Santorini

Esse soterramento foi de tanta intensidade que milênios depois vilarejos inteiros foram descobertos abaixo dos escombros, daí a importância arqueológica de Santorini. Se você tem interesse em arqueologia, não deixe de visitar o sítio Akrotini.

Em 1956 o vulcão provocou um novo terremoto, que botou abaixo a maior parte das casas das encostas. Agora ele está adormecido (porem ativo) e de vez em quando dá sinais de vida – mas sem estragos significativos! Uma das ilhas a frente de Santorini, chamada Nea Kameni, foi formada a partir de magma derramado deste vulcão submarino. É possível visitar a ilha num passeio de barco e subir ao topo num passeio de 1 dia.

 

Quantos dias ficar em Santorini

Elabore bem seu orçamento para visitar Santorini e decidir quantos dias ficar. É lindo mas é também o lugar mais turístico e mais caro da Grécia. Todos os preços eram literalmente o dobro do que eu paguei em Milos, uma das ilhas que mais me surpreendeu.

Eu fiquei três dias na ilha, e foi suficiente. Um dia fiz um passeio de barco, outro fui às praias e o outro tirei para curtir os vilarejos de Oia e Fira. Mas se o seu tempo estiver apertado você pode ficar 2 dias, não menos! Não deu tempo infelizmente de visitar as vinícolas da região que são muito boas, mas provei bastante do vinho. 🙂

Em breve sai o post com o que tem de melhor para fazer na ilha!

Santorini

Santorini

Como chegar e como se locomover

Você pode chegar a Santorini de avião ou barco. As companhias que fazem o trecho aéreo são Aegean e Olimpic Air. Sobre os ferries vou escrever um post específico, ok?  

Para percorrer toda a ilha, a melhor forma é alugar um carro. A princípio eu não iria alugar, pois meus planos iniciais eram montar base em Oia (não precisa de carro) e conhecer as praias de barco. Mas o serviço de transfer do porto para Oia não apareceu… então aluguei um carro ali mesmo no porto com a agência Spiridakos. Saiu um pouco mais caro do que pegar um taxi, mas eu tive mais flexibilidade. Alugam-se também quadriciclos, mas com a quantidade de coisas que eu tinha para carregar, optei pelo carro.

Falando em meios de locomoção, se descer pelas escadas até o porto de Amoundi (de onde saem os passeios de barco), não volte no lombo dos burrinhos, é um pecado o esforço e sacrifício deles!

Santorini

A distância do porto onde chegam os ferries até Oia é de aproximandamente 30-40 minutos (15km). Em breve escreverei um post sobre aluguel de carros na Grécia, aguardem!

Inicialmente optei pelo transfer porque me levaria direto a recepção da agência onde pegaria a chave da minha caverna. Isso mesmo, me hospedei numa caverna! É que a vila de Oia não tem endereços, suas ruas não tem nomes! Não foi tarefa fácil achar a agência. Mas perguntando cheguei lá e depois um “porter” me ajudou a levar a mala entre escadinhas e vielas apertadas encantadoras!

O serviço de shuttle (que deveria ter me pego no porto) alegou que não foi possível esperar o atraso do barco (que realmente chegou 2 horas depois – conto isso melhor no post sobre ferries). Se ainda assim quiserem consultar seus serviços, o site deles é esse aqui

Vilarejos

A capital de Santorini é Fira ou Thira, mas o vilarejo mais bonito e romântico da ilha é Oia (pronuncia-se Ía).

Fira é a parte mais central da ilha, onde estão diversos hotéis, lojas e restaurantes.

Oia é irresistível! Localizada na ponta norte extrema, é o lugar mais encantador da ilha, cheio de bons restaurantes, lojinhas e hotéis sofisticados. E é ali onde se tem a melhor vista do pôr do sol! 

Imerovigli fica na parte mais alta da ilha, perto do porto e do aeroporto, e pode ser uma opção de hospedagem mais barata.

Santorini  Santorini

Instagram

Onde ficar

Minha primeira decisão foi hospedar-me em Oia para dormir e acordar no melhor lugar da ilha. Mas não foi tarefa fácil conseguir um lugar legal por preço razoavelmente bom. E arrumar um lugar com piscina de borda infinita então… foi tarefa impossível! Mas não importa o dinheiro, e sim a lembrança da vista inesquecível de Santorini.

E depois de muita procura, consegui um estudio-caverna na melhor localização do por do sol. Sim, hospedar-se em Oia não é garantia de ver o por do sol da sua varanda. É preciso estar no canto extremo direito da ilha, onde o sol se põe. Fiquei no Vip suítes que pode ser encontrado no site do Booking.com. Reserve aqui, você não paga nada mais por isso e ainda ajuda o blog!

As cavernas foram construídas no penhasco desde os primeiros colonos para se protegerem dos ataques piratas, e hoje se transformaram em casas de alto valor. As cavernas são bem úmidas, nada seca lá dentro e tem um pouco de cheiro de umidade (que dava para aguentar). O clima é bom, fresco no verão e quente no inverno. Não espere conseguir sinal de internet no interior da caverna, nem mesmo o wifi que só pegava na varanda (no melhor local, né!). Decoração clean, banheiro grande, e com uma vista de tirar o fôlego. Nada a reclamar, só elogiar!

Santorini

Santorini

Santorini

O que fazer

No próximo post conto os melhores passeios para curtir a ilha de Santorini. Passeio de barco, pôr do sol, praias, porto de Amoundi e muito mais. Não percam!

Santorini

Quer saber mais sobre a Grécia? Leia aqui! <3

Um beijo e uma ótima viagem!

Viagens e Outras Historias

Você vai gostar de...

Dicas das Ilhas Fiji: Planeje sua viagem! Bula! Imagine mares de água morna e transparente, praias selvagens de areias fofa, muitas palmeiras. Essa é Fiji! Conhecida como a “capital dos corais...
Ilhas paradisíacas em Angra dos Reis Um dos super passeios que fizemos com a LIG Lanchas Ilha Grande foi o Ilhas Paradisíacas em Angra dos Reis.  É um roteiro exclusivo da LIG, saindo da ...
De SUP do Rio à Paraty, via Ilha Grande Esse é o relato de uma das maiores aventuras que já tive conhecimento na vida! Meu amigo Chico Rocha remou por 7 dias de SUP do Rio à Paraty, passando...
Onde ficar em Angra dos Reis Angra dos Reis, no litoral Sul do Rio de Janeiro, possui uma baía com 365 ilhas, uma para cada dia do ano! Um dos meus locais preferidos para uma esca...

Deixe aqui seu comentário!

Escrito por
Publicado em

Deixe uma resposta