Featured Video Play Icon

Salar de Uyuni | Caia nessa imensidão

Bem-vindo ao maior deserto de sal do planeta! Posso dizer que foi quase surreal cruzar o Salar de Uyuni alagado… É nessas horas que você percebe o quão pequenos somos (e não estou falando das fotos em perspectiva). E sim da grandiosidade da natureza! Sua imensidão e beleza incomparável fazem dele um destino único, procurado por viajantes e aventureiros de todo o mundo.

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

O imenso deserto de Sal

O Salar de Uyuni faz fronteira com o Atacama, no norte do Chile. Está bem próximo à Cordilheira dos Andes, numa altitude de 3600 metros acima do nível do mar, dentro de uma depressão do altiplano boliviano.

Como falei, é o maior deserto de sal do mundo. Para se ter uma ideia da imensidão, a reserva possui mais de 10 bilhões de toneladas de sal! São mais de 10 mil quilômetros quadrados de extensão com 120 metros de profundidade. É sal que não acaba mais! A extração anual gira em torno de 25 mil toneladas, que suporta a economia local, além do turismo obviamente.

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Além de sal, é ali que está uma das maiores concentrações de lítio do mundo (entre 50 e 70% das reservas mundiais), que é a matéria-prima para a fabricação de computadores e telefones celulares. E ainda mais, o lítio é considerado o petróleo do futuro, já que é fonte para as baterias dos carros elétricos. E se não bastasse, o Salar de Uyuni ainda contém enormes reservas de potássio e magnésio. Que ironia, um dos países mais pobres da América do Sul, com uma riqueza dessas ainda por explorar… poderia mudar tanto a vida de sua população tão sofrida…

E como surgiu o Salar?

A Bolívia não tem mar porque perdeu parte do seu território na guerra com o Chile, mas acredita-se que, há 80 milhões de anos atrás, ali era um braço do Pacífico. Dizem que a água do oceano represou durante o processo de formação da Cordilheira dos Andes, criando um imenso lago pré-histórico. Por conta do calor e de pouca chuva, o lago secou e surgiu o Salar de Uyuni!

Salar de Uyuni

O que ver no Salar de Uyuni

Bem… a paisagem é quase a mesma o tempo todo. Mas ainda assim você não se cansa!

Na época de chuvas ele fica alagado com cerca de 30cm de água e se torna um espelho gigantesco que reflete o céu no chão.

Um ponto muito visitado é o monumento do Rally Paris-Dakar, que passa por ali. Tem também o primeiro Hotel de Sal, todo feito em “tijolos” de sal. Imagina um iglu? Mais ou menos parecido. Havia vários outros antes, mas por uma questão de saneamento e saúde, foram todos desativados e destruídos. Resta hoje apenas a estrutura do primeiro que serve de ponto de apoio turístico, com um pequeno bar, área para refeições e abrigo do frio, lojinha e banheiros.

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Na frente do hotel tem um monumento das bandeiras de vários países que são deixadas pelos viajantes que passam. Soube que, por conta da severidade do clima, cada bandeira não resiste mais de 3 meses ali!

Quando ir ao Salar de Uyuni

Você deve escolher a época do ano para visitar de acordo com o que quer ver: o salar seco ou alagado. Tive a sorte de pegar na mesma temporada o Salar alagado e uma pequena parte úmida (que se parece com a seca…), são paisagens totalmente diferentes. Viajei com minha amiga Stella Barbosa, fotógrafa, que já tinha viajado para lá alguns meses antes na época da seca. Ela que conhece as duas versões do Uyuni e não teve dúvidas em afirmar: a paisagem espelhada é muito mais bonita!

Salar de Uyuni

Para ver o salar alagado é preciso ir no período de chuvas, no verão sul-americano. Viajamos na semana do carnaval em fevereiro, final da temporada, e ainda assim com muito receio das previsões de muita chuva que estávamos acompanhando na semana anterior. Nosso maior medo era estragar a viagem, pois pelo que ouvimos podem até fechar os acessos ao Salar. Convictas, arriscamos e tivemos lindos dias por lá! 😀

As duas paisagens (seca e molhada) são lindas e diferentes. De Abril a Novembro o Salar está supostamente seco com suas formas geométricas. Mas, com esse clima louco, tudo pode acontecer…

Salar de Uyuni

Uma questão importante a considerar é o frio, se já senti frio no verão… fico pensando no inverno! Já ouvi papo de -20º!

Como chegar

A pequena cidade de Uyuni tem um aeroporto internacional, minúsculo mas tem! Partindo de La Paz a viagem de avião dura aproximadamente 1 hora (operados pela local BOA e Amazonas).

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Pode chegar de de ônibus em 9 horas de viagem. Obviamente o avião sai mais caro mas economiza em tempo e perrengue.

Como explorar o Salar de Uyuni

Dos 4 dias que passamos por lá, 3 dias foram destinados à viagem que atravessou o Salar. Passamos por cenários repletos de vulcões, gêiseres e lagoas lindíssimas num carro 4×4 até a divisa com o Chile.

O dia adicional repetimos o Salar num tour privado que foi um luxo só. Alugamos um carro 4×4 (com guia/motorista) e passamos o dia inteiro lá. Foi um dia espetacular… Viu o video? No final do dia as nuvens foram se formando, de repente tudo ficou preto! Chovia muito no horizonte, muitos raios e trovoadas, mas ficamos até o pôr do sol! E foi lindooo…

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Contratamos esse tour privado com a agência Oasis por 1600 bolivianos (aprox. 200 dólares para todo o dia, incluindo almoço) por um dia inteiro de carro 4×4. Meio carinho pra preços bolivianos, mas foi um carro privado para 2 aventureiras que só queriam saber de salar… (salar do verbo “viajar pro lugar + lindo do mundo, não sei quando vou voltar”). Essa agência fica na rua principal da pequena cidade de Uyuni, perto da esquina da viela dos restaurantes. Nas mesma rua tem várias outras, só encontrar a sua. 

Sobre a viagem de 3 dias contarei melhor num post especifico com todos os detalhes, inclusive sobre a agência que usamos.

Como conseguir boas fotos

Bem… sou suspeita, pra mim as melhores fotos estão no efeito espelho que reflete o céu no no chão do Salar. Vou mostrar e vocês tiram a sua própria conclusão, ok? A parte ruim do verão é que, apesar de alagado, dificilmente tem estrelas no céu… Umas das coisas mais lindas que vi no Atacama.

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Com o Salar seco é bem divertido fazer as fotos em perspectiva. Levei alguns brinquedinhos para brincar lá como uma lhama e um barquinho. Mas não se preocupe se esquecer, use a criatividade. Dá pra brincar de pular, usar as botas, chapéu, boné… Tudo vira uma foto engraçada!

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Se o seu guia for legal (normalmente é, porque espera pela tip ao final do dia), ele vai até deitar no chão. E eles são craques, já sabem exatamente o que funciona (ou não) nas fotos.

Salar de Uyuni

Aonde ficar em Uyuni

A cidade é pequena e rústica, pra não chamar de feia… Não se assuste. Nem dá para comparar com San Pedro de Atacama, nem de longe.

Ficamos em dois hotéis por lá, um na ida e outro na volta de nossa viagem pelo deserto.

O primeiro foi o que mais gostei, chama-se Le Petite Porte. Uma graça, pequenino, serviço atencioso e café da manhã delicioso.

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

O outro foi o Casa Andina, um hotel de sal (sim todo feito de sal!), bem localizado, com quartos bons e grandes, mas sem o charme do primeiro.

Salar de Uyuni
Salar de Uyuni

Importante: Não esqueça de reservar seu hotel pela caixa do Booking.com na home do blog. Você paga o mesmo preço e eu ganho uma pequena comissão que ajuda o blog a se manter.

Procurando mais aventuras pela Bolívia? Não deixe de pensar na hipótese de descer de bike pela Ruta de La Muerte, a estrada mais perigosa do mundo. Veja aqui como foi e não perca essa oportunidade!

Um beijo e até a próxima aventura!

Viagens e Outras Historias

Salar de Uyuni | Caia nessa imensidão was last modified: março 13th, 2017 by Flávia Ribeiro

Você vai gostar de...

Canyoning na Costa Rica Outra aventura muito bacana que fizemos durante a nossa viagem foi o Canyoning na Costa Rica quando vencemos os Gravity Falls! A Agência que nos prop...
Explore o Rio Celeste na Costa Rica! Pura Vida! Um dos nossos trekkings mais legais na Costa Rica foi no Parque Nacional Vulcão Tenório, no norte do país. Nosso grande objetivo era ver a ...
O que fazer em Palermo Buenos Aires Palermo é sem dúvida o bairro mais cool em Buenos Aires, onde sempre escolho me hospedar para poder aproveitá-lo com mais calma. Nesse post conto minh...
Mergulho em Noronha: viva essa aventura! Meu sonho após ter completado o curso Padi Open Water era fazer o mergulho em Noronha, o principal destino de mergulho do Brasil. Era como sair da esc...

Deixe aqui seu comentário!

Escrito por
Publicado em

Deixe uma resposta