safári africa do sul

Obviamente fazer um safári era prioridade no planejamento da minha viagem à África do Sul, mas queria fazer muito mais do que isso. Além de observar a vida selvagem africana, queria conhecer a Cidade do Cabo, o Cabo da Boa Esperança, explorar a rota dos vinhos, além de dirigir pela belíssima Garden Route, que liga o Atlântico ao Oceano Índico.

Para que pudesse fazer tudo isso em apenas 15 dias tive que tomar a decisão de excluir o Kruger Park do roteiro. E assim, concentrei meus dias de aventura ao longo da Garden Route, fazendo diversos day safaris, entre outras aventuras.

safári africa do sul

safári africa do sul

A região é belíssima, com paisagens e praias deslumbrantes e cheias de atividades. Passeio imperdível é conhecer a península do cabo da boa esperança, que inclui uma visita à Boulders beach, uma praia lotada de pinguins. Na área tem também observação de baleias e até mergulho com os temidos tubarões-brancos! Aventura é o que não vai faltar! Estão ali um dos melhores points de surf do mundo, tem um bungee jump muito radical, expedição às cavernas e até tirolesa na floresta. Fizemos tudo isso ao longo desses 15 dias que conto aqui em diversos posts pra vocês.

Começando pelo Safári!

Pode ter certeza, não há nada tão excitante como ver um rinoceronte cruzando seu caminho! Nada tão assustador como ouvir o som de uma hiena rindo no meio da noite, ou tão eletrizante quanto se deparar com leoa que acabou de matar sua presa.

Safári Africa do Sul
Safári Africa do Sul

Safári Africa do Sul
O objetivo do game drive é ver o máximo de animais, e obviamente os “Big Five”. São eles: rinoceronte, elefante, búfalo, leopardo e leão. São chamados assim, não por causa do tamanho, e sim pela dificuldade em caçá-los e pelo grau de perigo envolvido.

O safári fotográfico é feito em reservas com ecossistemas protegidos e conservados, onde os animais selvagens vivem soltos em seu habitat natural. É preciso selecionar bem pois alguns lugares se vendem como “reservas”, mas são na realidade grandes zoológicos. Eles separam os animais em áreas sem a gente perceber. Isso é feito principalmente com os leões, que estão no topo da cadeia alimentar. Procure saber também se a sua reserva também tem os big fives, algumas não tem! 

Safári Africa do Sul

Fiz meus safáris na reserva Pumba Private Game Reserve que conta com 2 saídas diárias para a “caçada” num game drive que dura aproximadamente 2,5 horas por saída.  Os land rovers levam guias treinados e rastreadores para localizar os animais. Por meio de rádios os guias vão falando com os outros carros que indicam onde poderão estar os animais. Como os guias conhecem bem a reserva e o comportamento deles, fica mais fácil! 😉

Eles realmente não medem esforços para encontrá-los, inclusive saem da estrada, num autêntico off road. Aliás, essa é mais uma vantagem do safári em reservas privadas. No Kruger, por exemplo, que é um parque nacional sob cuidados do governo africano, só se pode percorrer as rotas preestabelecidas. Obviamente o off road dá uma sensação muito maior de caçada e proximidade com a natureza selvagem da África.

safári africa do sul

safári africa do sul

safári africa do sul

safári africa do sul

Em geral as reservas dão um book para você marcar os animais que foram vistos ao longo da sua temporada de caça africana. Além dos “big five”, certamente verás outros animais como kudus, antílopes, girafas, muitas zebras e até alguns crocodilos.

Crianças menores de 6 anos não são aceitas nos safáris por uma questão de segurança. Procure saber disso melhor se pretende levar crianças. 

Instagram

Pumba Day Safari

O Pumba é indicado como um dos 10 melhores destinos da Safari pela CNN no mundo. Um suntuoso resort, que conta com belo restaurante, adega, spa e fica a aprox. 1 hora de Port Elizabeth. E muito importante, a reserva é lar dos “big five”, e também o raro leão branco, hipopótamos, hienas, chitas, girafas, antílopes e mais de 300 espécies de aves.

Se você estiver hospedado dentro da reserva, terá a oportunidade de fazer safáris noturnos. Se não estiver, você pode fazer um “day safári”, que também inclui um almoço tradicional em estilo “boma africano”. 

safári africa do sul

safári africa do sul

safári africa do sul

Outra grande vantagem é que essa reserva fica localizada fora da zona de malária. Embora pequeno, o risco tende a aumentar durante as estações chuvosas. Ou seja, a melhor época para seu safári é no inverno, quando a incidência e risco de malária é menor. Como a malária não tem vacina, medicamentos como o Malaron são indicados, mas atenção pois geralmente provocam efeitos colaterais desagradáveis.

Programas de conservação animal

O Pumba tem dois importantes programas. O primeiro é o projeto “White Lion”, que visa estabelecer um ambiente auto-suficiente e sustentável para esses leões geneticamente brancos. A reserva é lar da segunda maior população de leões brancos na África Austral, alguns dos quais nascidos na própria selva.

safári africa do sul

safári africa do sul

O segundo programa é de reabilitação de leopardos. Uma experiência bem sucedida de correção de erros do passado, quando os animais praticamente desapareceram na época da colonização. Eles eram mortos pelos europeus por esporte ou simplesmente para que não matassem o gado nos pastos. Hoje, com a reintrodução de espécies nativas, os leopardos estão cada vez mais frequentes na área. São princialmente avistados ao longo do curso do rio dentro da reserva.

safári africa do sul

safári africa do sul

safári africa do sul

Uma última dica: não esqueça seu binóculo, e claro uma boa câmera (de preferência com um zoom poderoso). E também o certificado de vacina da febre amarela.

Gostou do post? Tem alguma dúvida? Deixa um comentário aqui em baixo!

Um abraço e até a próxima viagem!

Viagens e Outras Historias

Você vai gostar de...

Mergulho em Arraial do Cabo Como mergulhadora credenciada Padi Advanced já fiz mergulho em Arraial do Cabo muitas vezes e atesto que a fama de Capital Brasileira do Mergulho (jun...
8 programas imperdíveis em Búzios Procurando o que fazer em Buzios?  Além de praias, Buzios está tomada por uma enorme opção de bons restaurantes, bares, lojas e baladas. Neste post vo...
Parque das Aves, vale sua visita? Confesso que entrei meio receosa pela primeira vez no Parque das Aves, em Foz do Iguaçu. A sensação era de entrar num viveiro, onde os animais estaria...
A mística Chapada dos Veadeiros Paraíso do ecoturismo e reduto de hippies e esotéricos, a Chapada dos Veadeiros é também conhecida como uma região holística e um dos principais centr...

Escrito por
Publicado em

Deixe aqui seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *