Nosso segundo dia de aventura foi o mais largo, foram quase 15 horas de viagem rumo ao sul da Islândia. Nosso objetivo era chegar no Jökullsárlón, o Glacier Lagoon. Amei o dia, a costa sul da Islândia é deslumbrante! Paisagens magníficas, do nada surge uma montanha enorme na sua frente!  Tinha uma impressionante com o formato de um beijo petrificado (e, portanto, eterno!) de dois trolls islandeses. Pode acreditar, visual arrebatador de praias de areia preta, praia de diamantes de gelo, cachoeiras, geleiras, lagoas, campos de lavas e muito mais.

Sul da Islândia

+ clica aqui para ver todo o meu roteiro resumido por 1 semana

+ clica aqui para ver todos os posts da Islândia

Nosso roteiro no Sul da Islândia

Nosso roteiro nesse dia incluiu uma rápida visita ao vilarejo de Vik e suas praias pretas, passando pela “língua glacial” de Svínafellsjökull, parando nas belas cachoeiras Seljalandsfoss e Skógafoss, a Diamond (ou Crystal) Beach e finalmente chegamos na Jökullsárlón glacier lagoon.

Como falei foi um dia longuíssimo, foram quase 750km de estradas. Se fossemos direto ao Glacier Lagoon já levaríamos cerca de 5 horas. Incluindo todas as paradas levamos quase 15 horas. Isso porque fomos produtivos e não nos perdemos no caminho, isso porque estávamos com o guia Stephan que sabia tudo. Cansativo, é verdade, mas eu faria de novo! Uma oportunidade única, um dia cheio de deslumbramentos!

Sul da Islândia

E para dar tempo de tudo saímos muito cedo. A minivan da Gateway to Iceland nos pegou no nosso hotel entre 7:30 a 8h da manhã. Ainda estava escuro, já que nessa época amanhece por volta das 9:30h. Foi bom porque uma boa parte da viagem fui dormindo (levei meu travesseiro de viagem e tudo ahaha). Acordei já na parada para um café gostoso e quentinho.

Sul da Islândia

Então vamos começar com as principais atrações do dia:

Cachoeiras Seljalandsfoss e Skogafoss

A primeira parada foi na magnífica cachoeira Seljalandsfoss. Podemos chegar muito perto. É até possível caminhar atrás dela, mas não no inverno. Dizem que tem uma caverna escondida lá e que se você tiver sorte pode ver um arco-íris. <3 Justin Bieber filmou um clip lá!

Sul da Islândia

A próxima cachoeira achei ainda mais incrível, como se isso fosse possível! Ela se chama Skogafoss, é surreal de linda! É uma das maiores cachoeiras da Islândia, com uma queda de cerca de 60 metros. Em dias ensolarados ela produz constantemente arcos-íris coloridos! E a Skógafoss também é uma estrela de cinema em Hollywood, e já apareceu em diversos filmes.

Sul da Islândia

Tenho tantas fotos e outras dicas para contar das cachoeiras da Islândia que vou fazer um outro post, ok? Clica aqui para ler.

Vilarejo de Vik na Islândia

Vik é um pequeno vilarejo de pescadores. Uma gracinha de povoado (mas tem status de cidade no sul da Islândia) com aquelas igrejas típicas do país. Depois de um rápido giro no vilarejo, fomos conhecer sua praia Reynisfjara. É uma longa praia de areias pretas vulcânicas. Quanta paisagens lindas! Muitos penhascos junto oceano, que chamam de Reynisdrangar.

Sul da Islândia

Sul da Islândia

Uma pena que não conseguimos chegar muito perto porque àquela hora o vento e frio não castigava. Quem for por favor não deixe de visitar uma pequena caverna e ver as colunas de basalto naturais ao redor da caverna. E me conta aqui depois!

Sul da Islândia

Diamond ou Crystal Beach

Com esses dois nomes você já pode imaginar que é uma jóia de praia, né?

A Diamond beach é uma praia de areia preta também, só que cheia de icebergs na beira do mar. É que ela fica bem pertinho da lagoa de Jökulsárlón, que é ligada ao mar por um pequeno canal que leva os icebergs direto pro oceano. Alguns acabam voltando para a praia por força dos ventos e das ondas. Um visual surreal que só tem na Islândia!

Sul da Islândia

Sul da Islândia

Sul da Islândia

Obviamente a quantidade de icebergs depende da maré, do vento, etc. Não deixe de incluir esse tour na sua viagem à Islândia.

Jökullsárlón glacier Lagoon na Islândia

Na verdade viajamos pra lá do Sul da Islândia, chegamos à espetacular Jökulsárlón, a glacier Lagoon que fica no Sudeste. Sem dúvidas um dos lugares mais incríveis da Islândia. Não dá para descrever ou mesmo mostrar a realidade por fotos.

A lagoa é formada a partir do derretimento do Glaciar Vatnajökull, a maior geleira da Islândia, e sua união com o oceano. Uma pena que o aquecimento global está fragmentando os icebergs e os destacando da geleira. Eles vão se movimentando com os fortes ventos que sopram na região e acabam no mar. É um fenômeno relativamente recente, já que a lagoa começou a se formar apenas nos anos 30. Não vimos grandes icebergs se movimentando porque esse fenômeno não é tão comum no inverno. Obviamente porque com o frio estava tudo congelado, inclusive a gente.

Sul da Islândia

E mais uma estrela do sul da Islândia: a Jökulsárlón Glacier Lagoon também já apareceu em diversos filmes de James Bond: A View to a Kill e Die Another Day, também Batman Begins e Tomb Raider. A série Vikings também filmou cenas entre os icebergs.

Passeio de barco entre os Icebergs

Existe a possibilidade de fazer um passeio de barco na lagoa entre os icebergs de junho a setembro, quando a lagoa está completamente descongelada. Prefira os botes anfíbios do tipo zodíacos em vez do barco convencional, com ele você se aproximará mais dos icebergs. A navegação entre s icebergs flutuantes na lagoa glacial Jökulsárlón dura cerca de 30 minutos.

E aí, curtiu o sul da Islândia? Eu adorei e agradeço ao guia Estepan e toda a equipe da Gateway to Iceland que nos proporcionou esse dia espetacular. Vale muito, com frio e tudo!

+ clica aqui para ver todo o meu roteiro resumido por 1 semana

+ clica aqui para ver todos os posts da Islândia

Um beijo e continuem checando os outros posts da Islândia!

Flavia Ribeiro

Escrito por
Publicado em

Deixe aqui seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *