cenotes no méxico

Formados há mais de 14 mil anos, os cenotes são poços profundos de água cristalina que fluem de rios subterrâneos. Existem milhares de cenotes no México! O nome vem da palavra maia “dzonot” que significa justamente poço ou buraco com água.

Existem cenotes de vários tipos: alguns são cenotes cavernas, onde se pode fazer um tour subterrâneo de flutuação com snorkel ou um mergulho com cilindro. Existem espaços abertos ou semiabertos que são mais fáceis de visitar, porque funcionam com uma “piscina”. Esse artigo lista os principais cenotes no México que estavam no rota da nossa viagem.

O significado dos cenotes para os Maias

Cercados de histórias e muito misticismo, os cenotes no México eram a principal fonte de água doce para os maias e por isso eram considerados sagrados por eles. No entorno dos cenotes os maias construíam suas cidades como Chichen Itza e Cobá. Acreditavam no seu poder curativo, além de serem considerados portais de comunicação com os Deuses. Ali faziam seus rituais, alguns inclusive macabros, com sacrifícios de humanos e animais.

maias e os cenotes no méxico
Xamã no cenote Suytun

No Cenote Sagrado, por exemplo, que fica dentro do sítio arqueológico de Chichén Itzá, encontraram-se muitos vestígios de sacrifícios humanos. Por isso não pode-se mergulhar em suas águas, que está aberto somente para apreciação, a partir de uma caminhada de 1km das ruínas.

Onde estão os cenotes no México?

O México possui mais de sete mil cenotes. A maioria está na Península de Yucatán e no estado de Quintana Roo. Se você vai curtir a Riviera Maia e Valladolid não deixe de reservar tempo para curtir os cenotes na região. A maioria deles podem ser visitados e explorados, com entrada paga, obviamente. Como uma formação natural cada um tem suas particularidades. Vamos conferir?

Nós alugamos um carro e mapeamos os cenotes no roteiro da viagem (veja aqui meu roteiro completo de 15 dias pelo México).  Chegamos nos cenotes facilmente com a ajuda do Waze. Todos os cenotes. além do fácil acesso, contavam com estacionamento e estrutura para visitantes.

Os melhores cenotes no México

Cenote Suytun

Estou começando a lista por esse que não foi só o primeiro, mas um dos mais espetaculares. Ele fica dentro de uma caverna, com acesso por uma escada. Logo que descer vai dar de cara com monstruosas estalactites que pendem do teto. É impactante…

Seu nome na língua maia significa “centro de pedra” que faz alusão à plataforma que existe bem no meio de suas águas azuis. Para tirar uma foto ali sozinha no meio, chegue cedo. Ah! E se tiver leve uma boa câmera, requer por conta da pouca luz. Minhas fotos foram tiradas com o celular mesmo.

Há uma cavidade no teto da caverna que por volta do meio-dia entra um feixe de luz, o problema é que essa hora o cenote está cheio, inclusive com pessoas nadando nas águas.

Olha a fila para tirar a foto sozinha… lá de cima essas pessoas não aparecem!

Esse cenote fica a 8km da cidade de Valladolid, onde eu passei a noite. Dali dá pra continuar a viagem para visitar Chichén Itzá, onde está o cenote sagrado e perto do cenote Il Kil.

Cenote Il Kil

Bem perto de Chichén Itzá (3km) fica o Cenote Ik Kil. Tinha visto nas fotos e estava doida para conhece-lo mas achei uma roubada porque estava simplesmente lotado. Cheios de ônibus de excursão vindo de Cancun. Nós deixamos pra ir depois de visitar as ruinas, creio que a mesma ideia que todo mundo teve … rs

Creio que esse cenote recebe muitos ônibus de excursão porque tem estrutura de restaurantes, bares e vestiários. Acho que vale a pena ir sim porque é muito bonito, mas programa-se para chegar cedo. No final do dia é um risco. Eu esperei quase fechar e ainda assim não esvaziou.

Cenote Dos Ojos

O cenote dos Ojos é um grande complexo que fica entre Tulum e Playa del Carmen. Seu nome vem das duas cavernas circulares que unidas formam “dos ojos” (dois olhos).

Veja aí os dos Ojos!

Fique atento que na entrada vão tentar te vender um pacote para mais 3 cenotes na região. Nós só visitamos o principal que é muito lindo.

cenotes no mexico

Esse cenote é famoso também pelo mergulho de cilindro em caverna, com seus mais de 60 quilômetros de extensão. Pra quem interessar, logo aviso que tem um custo extra, pago à parte. Muitas escolas de mergulho com especialidade em cavernas vão até lá fazer seus check outs. Ficou na lista, pra próxima!

Cenote Azul

O cenote azul, quando fomos, estava verde! Ele fica perto de Playa del Carmen, e é (bem) aberto, fácil e barato de visitar. Na verdade, o cenote é um conjunto de piscinas naturais, boas pra adultos e crianças. Dê preferência para visita-lo em dias de sol quando os tons da água ficam ainda mais lindos.


Grand Cenote

Existem dois cenotes com esse nome bem parecido. Estávamos à procura do Gran Cenote mas acabamos entrando no Grand Cenote (um “d” de diferença). Valeu muito também. Com fácil acesso, ele fica ao norte de Tulum, na estrada para Cobá.

A água tem uma cor espetacular, é ótimo para nadar e fazer snorkel.

Ultimas dicas dos cenotes no México:

  • Se o dia estiver fechado, sem sol, dê preferência para visitar os cenotes fechados. Reserve os abertos para os dias de sol.
  • Antes de mergulhar, não esqueça de tomar uma ducha para preservar as águas de suor, protetores solares e repelentes.
  • Muitos cenotes não aceitam cartão de crédito, apenas dinheiro. Alguns aceitam dólares, mas a conversão normalmente não é boa. Reserve pesos mexicanos para pagar a entrada.
  • Outra dica importante é verificar o horário de fechamento e abertura porque às vezes dependendo da época tem alterações. Muitos fecham por volta das 16h ou 16:30h.
  • Leve seu equipamento de snorkel, a visibilidade da água é sempre incrível, com peixes e até tartarugas…. Alguns cenotes alugam material com valor cobrado à parte.
  • Se tiver levar um acqua shoes (à venda em lojas como Decatlon) e uma câmera subaquática.

Essas dicas dos cenotes no México te ajudaram? Tem alguma duvida? Então deixe um comentário aqui abaixo para eu saber da sua visita.

E não esqueça de organizar sua viagem pelos links do blog, ajudando a manter sempre as dicas atualizadas.

Escrito por
Publicado em

Deixe aqui seu comentário!

3 comentários até agora!

    1. Olá Sylvia, depende da região que vc quer visitar e o motivo da sua viagem… Me conta um pouquinho mais do propósito da sua viagem e eu te ajudo melhor. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *