Praça Jemaa El Fna

Tapetes coloridos espalhados por todo lado, cerâmicas, cheiro de especiarias com sabor de tâmaras. Assim me lembro de Marrakesh, uma das cidades mais estonteantes que já estive. Conto aqui nesse artigo minhas dicas das principais atrações de o que fazer em Marrakesh em 2 dias. Se você está montando seu roteiro pelo Marrocos, não deixe de conferir também esse outro artigo aqui.

Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO, Marrakesh foi fundada por volta de 1070 e logo tornou-se um importante centro cultural, econômico e político do mundo islâmico, abrangendo todo o norte da África. É conhecida como a cidade vermelha pela cor de suas construções. Dizem que o tom terracota veio para reduzir a propagação da luz solar, já que a cidade está mais ou menos próxima do deserto do saara.

O que fazer em Marrakesh

Bora conferir o que fazer em Marrakesh?

O que fazer em Marrakech

Minha lista nesse artigo se resume às principais atrações, o básico que você não pode deixar de conhecer e o que fazer em Marrakesh em 2 dias. Se você tiver mais tempo, aproveitará melhor, certamente eu gostaria de ter ficado mais.

artigos ,marroquinos

+ Veja aqui o que fazer em Fez

Explorar a Medina

Medina é o nome que se dá à parte antiga das cidades árabes, normalmente cercada por muros. Visitar a medina de Marrakesh é imprescindível para entender essa fervilhante cidade. Suas muralhas avermelhadas foram construídas entre 1122 e 1123 por Ali Ibn Yusuf.

menina marraksh

É na medida que está a sua alma, onde tudo acontece. Um excelente exemplo de organização medieval onde casas e mercados tradicionais retratam até hoje o dia a dia da população. Ali estão os riads, os mercados de tapetes, artigos de couro, cerâmica, luminárias e tantas outras milhares de lojinhas que ficam escondidas entre suas ruas estreitas.

artigos marroquinos

Aliás, recomendo inclusive, que você se hospede em um riad dentro da medina, para viver uma experiência mais imersiva no universo árabe. Eu fiquei nesse lindo que se chama Riad Houma. Não esqueça de fazer sua reserva aqui pelos links do blog, ok?

riad em marrakesh

Quase todos os lugares da minha lista de o que fazer em Marrakesh serão vistos dentro da Medina, como a Mesquita de Koutoubia, o Palácio de Bahia, o Palácio Badi, os Túmulos Saadi, e a fervilhante Praça Jemaa El Fna, que é o símbolo da cidade. Se puder, não deixe de conhecer também a Madraça de Ben Youssef, que, além de ser a mais importante, é também a maior madraça de Marrocos. Infelizmente não pude visitá-la porque estava em reformas quando estive por lá.

medina marrakesh

Cuidados dentro da medina

Entre o emaranhado de suas ruelas não transitam carros, mas, sim motocicletas em velocidade não compatível com a largura das vielas e da quantidade de pedestres. Cuidado com elas. Cuidado também com batedores de carteira e com o assédio de artistas na praça. Não me senti insegura, mas andava com a atenção redobrada o tempo todo. Dê preferência para circular sempre próximo da praça principal (já falo dela) que é uma região mais turística e movimentada.

medina marrakesh

Para andar sem guia usamos o Google Maps. Dizem que se você parar para perguntar à um local ele vai pedir dinheiro. Na dúvida siga para a praça Jemaa El Fna e de lá se localize novamente. Em tempo, achei bem mais simples andar na medina Marrakesh de do que na de Fez que precisa de guia.

Jemma al fna

+ Veja aqui todos os posts de Marrocos

Conhecer a Praça Jemaa el-Fna

Se a alma de Marrakesh é a medina, a Praça Jemaa El Fna é o coração, uma das maiores praças do mundo e a mais movimentada da África. Considerada Patrimônio cultural e imaterial da Humanidade pela Unesco, certamente, um dos lugares mais loucos que conheci. Super autêntica e intensa, não deixe de experimentar toda aquela mistura de aromas e cores. Um verdadeiro bombardeio aos nossos sentidos.

Jemma al fna

A começar pelo nome: Djemaa el Fna significa algo como “assembleia dos mortos”. Dizem que ali era o local de execução de criminosos. Ali também era o local onde os antigos comerciantes chegavam com suas caravanas para comercializar suas mercadorias. Uma tradição que dura até hoje. Apesar de ser bem turístico, ainda é um lugar onde os habitantes frequentam no seu dia a dia.

o que fazer em marrakesh

Reúne figuras de todos os tipos, músicos, encantadores de serpentes, adestradores de macacos, dentistas a céu aberto, contadores de histórias, acrobatas, malabaristas, vigaristas, tatuadoras de henna e por aí vai.

A praça de dia e de noite

Tem que visitá-la durante o dia e durante à noite, são dois lugares diferentes. De dia a praça é um espaço aberto para os artistas e barracas de especiarias, frutas frescas e secas. O assédio de vendedores ocorre o tempo todo. Eles quase jogam os animais em cima de você para ganhar um trocado. Mas será uma oportunidade única ver um encantador de cobras tocar uma música hipnótica na sua flauta e assistir uma naja, que não pode escutar, responder dançando às vibrações do solo.

o que fazer em marrakesh

Mas, toda atenção é pouca ao assédio, mesmo. Ali tem que negociar bem o preço antes de sacar a foto. E espere uma pressão por mais dinheiro no final da sessão. Seja firme e se afaste rapidamente, eles não vão atrás. Outra dica importante: não encoste em nada, ouvi dizer que os encantadores de cobras passam urina de rato nas flautas, para atraí-las ao cheiro de sua presa natural. Se não quiser muita confusão caminhe pelas beiradas, mais tranquilo. Quanto mais para o meio da praça, mas movimento.

o que fazer em marrakesh

Quando cai a noite ela se transforma, a começar pelo fumacê das barraquinhas de comida montadas na praça, um verdadeiro festival gastronômico, para todos os tipos, principalmente os exóticos! Se de dia eram os encantadores de cobras, de noite os garçons fazem de tudo para chamar sua atenção. Reconhecem de longe os brasileiros, pode apostar. E ainda falam nosso idioma. Circule para ver as barraquinhas que vendem iguarias exóticas como cérebro de cordeiro e caracóis. Se tiver coragem de experimentar, volta aqui e me conta please! 😊

o que fazer em marrakesh
culinária marroquina

Os Cafés da Praça Jemaa El Fna

Em volta da praça tem vários cafés com terraços onde se pode observar a movimentação e degustar um saboroso chá de menta. Bebida alcoólica só achamos em um único lugar, e olha tinha até caipirinha. O lugar chama-se Le Marrakisch, tem uma ótima vista, música ao vivo, definitivamente um lugar que você deve experimentar.

o que fazer em marrakesh
o que fazer em marrakesh

Mesquita Koutoubia

A Mesquita Koutoubia é considerada uma das obras religiosas mais importantes do Marrocos, e tem o ponto mais alto de Marrakesh, um enorme minarete medindo 70 metros de altura que se assemelha à Giralda de Sevilha, na Espanha. Nenhum monumento na cidade pode ser construído com uma altura maior porque isso demonstraria falta de respeito à crença islâmica.

o que fazer em marrakesh

Construída ao longo de 40 anos, entre 1150 e 1190, na época do califa Abd al Mu-min, a Mesquita de Koutoubia funciona até hoje como templo religioso e comporta mais de 2.000 pessoas. Infelizmente tem entrada proibida a turistas, apenas muçulmanos praticantes podem entrar. Aprecie a fachada que é linda e a iluminação noturna. Se tiver sorte vai ouvir um dos 5 chamados para oração realizados várias vezes ao dia: antes do sol nascer, ao meio-dia, durante a tarde, depois do pôr do sol e à noite.

o que fazer em marrakesh

Visita o Palácio Badi e as Tumbas Saadianas

O Palácio Badi, construído no séc. XVI, tem o apelido de “o incomparável” porque era todo decorado com ouro, cristal e pedras preciosas. Foi o mais grandioso, majestoso e luxuoso palácio do Marrocos, e provavelmente um dos mais ricos do mundo. Dizem que eram mais de 300 quartos ricamente decorados. A área do Palácio El Badi é realmente bem grande, com destaque para o pátio central, com lagos e jardins.

o que fazer em marrakesh

Foi construído no final do século XVI pelo sultão Ahmed al-Mansour para comemorar a vitória sobre os portugueses na Batalha dos Três Reis. Sua decadência do palácio chegou no final do século XVII, quando o sultão decidiu transferir a capital de Marrakesh para Meknes. Depois disso foi infelizmente saqueado e hoje está todo em ruínas.

o que fazer em marrakesh

Depois de visitá-lo passe pelas Saadian Tombs, um mausoléu coletivo onde estão sepultados membros reais da Dinastia Saadi e seus subordinados de confiança.

O suntuoso Palácio Bahia

O belíssimo Palácio Bahia não pode faltar na sua lista de o que fazer em Marrakesh. Foi construído no século XIX numa área de 8 mil metros pelo Grão-vizir Ahmed Ben Moussa para homenagear a sua esposa favorita. Ali o conselheiro do sultão viveu com mais 4 esposas, 24 concubinas e dezenas de filhos.

Palacio Bahia Marrakesh
Palacio Bahia Marrakesh

É um ícone na arquitetura em Marrakesh, com decoração rebuscada em estilos que combinam o marroquino com o árabe-andaluz. Repare nos tetos, nas colunas, nos mosaicos, pátios e jardins. São 150 cômodos, sem mobília, com paredes ricamente decoradas, que se abrem para diversos pátios. Essa visita definitivamente me fez viajar no tempo e imaginar como seria a vida das pessoas que ali viveram…

Palacio Bahia Marrakesh

Visita ao exótico Jardim Majorelle

O belíssimo jardim, que fica fora da área da medina, foi criado pelo pintor francês Jacques Majorelle para ser um oásis azul na cidade cor-de-rosa. Em estilo que combinam o Art Déco com o estilo mouro, trazem uma natureza exótica com a decoração toda feita de tons de azul.

Palacio Bahia Marrakesh
Palacio Bahia Marrakesh

Após a morte de Jacques Majorelle, o jardim ficou muito anos abandonado até ser comprado por Yves Saint Laurent e Pierre Bergé na década de 1980. Eles restauraram a propriedade, ampliaram os jardins, trazendo plantas do mundo todo, inclusive do Brasil. Abriga mais de 3000 espécies botânicas, muitas são raras e exóticas.

Palacio Bahia Marrakesh

O jardim é administrado pela Fundação Pierre Bergé-Yves Saint Laurent. No espaço tem lagos, fontes, um restaurante estiloso, lojinha e 2 museus: o de Yves Saint Laurent e o um museu que conta a história dos povos berberes. Ao comprar o ingresso você pode optar por visitar só o jardim ou combinar o passeio com 1 ou os 2 museus. Há também um memorial onde estão enterradas as cinzas do estilista.

Palacio Bahia Marrakesh

Espero que tenham curtido meu roteiro com dicas de o que fazer em Marrakesh em dois dias. Não deixem de conferir os outros artigos do Marrocos aqui no blog e fazer suas reservas usando os links do site. Você paga o mesmo preço e ajuda na manutenção do site, ok?

Obrigada pela visita e até a próxima! <3

Escrito por
Publicado em

Deixe aqui seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *