Um dos programas bacanas pra fazer quando estiver em Paraty é dar um pulo em Cunha. Tem dois lugares que gostaria de recomendar à vocês, o Lavandário de Cunha e ao sítio de cultivo de Shiitakes. Ah! Soube que lá tem também ótimos ateliês de cerâmicas espalhados pela pequena cidade. Não deu ver dessa vez que fui por conta do pouco tempo que tínhamos, mas fica a dica pra vocês.

Lavandário de Cunha
Lavandário de Cunha

O Lavandário de Cunha lembra um pouco os campos de lavanda que existem na Provence. Não esqueça de procurar pelos mirantes que oferecem uma vista absolutamente linda das montanhas da Serras do Mar e da Bocaina.

Flavia Ribeiro Blog Viagens

Antes de terminar, no final do artigo, conto sobre como chegar e qual é a melhor época para ir.

O Lavandário de Cunha

Na verdade, existem duas propriedades que cultivam a lavanda em Cunha, o Lavandário e Contemplário. Ambas abrem seus campos floridos e perfumados para visitação, e dedicam tempo ao cultivo, à pesquisa e à preservação da lavanda.

Cunha

Na foto acima minha amiga Ana do Blog Viagens Imperdíveis.

A visita não demora mais de uma hora, apesar de você poder ficar o dia todo contemplando a natureza. Os caminhos são demarcados e não se pode andar no meio da plantação. Isso pela preocupação com a proteção das áreas naturais, a fauna e flora silvestres.

Lavanda Cunha

Ali também eles destilam a lavanda para extrair os óleos e produzir azeites, sabonetes, shampoos, condicionadores, cremes e aromatizadores de ambientes. Há uma lojinha que vende todos esses artigos, incluindo mudinhas da planta.

Lavandário de Cunha
Lavandário de Cunha

O melhor horário para visitar é no final da tarde para ver pôr do sol dali do alto das montanhas.

A Plantação do Lavandário de Cunha

A proprietária Fernanda Freire começou a plantação com 100 pés como um hobby (assim como eu comecei meu blog de viagens <3). Atualmente ela cultiva mais de 40 mil pés, numa área maior que 15 campos de futebol. Graças a um sistema de plantio e poda rotativo, mais de 10 mil pés sempre estarão em floração. Dessa forma o Lavandário de Cunha garante campos floridos o ano todo.

Lavanda

Cunha se beneficia de características especiais que tornam o local ideal para o cultivo da lavanda como temperaturas amenas com noites mais frias e um solo alcalino.

Lavandario de Cunha

O Lavandário de Cunha só funciona aos fins de semana, já a Contemplário abre de quinta a segunda-feira.

+ Clica aqui para saber mais sobre a história de Paraty

Cultivo de Shiitake Orgânico

Despois de visitar o Lavandário de Cunha, vá ao sítio Lindo Amanhecer para ver o cultivo de shiitakes orgânicos. O Sr Milton oferece uma visitação e explica todo o processo que exige bastante cuidado e dedicação. Eles têm uma câmara com ambiente climatizado, com temperatura e luz controladas.

Shiitake
Cultivo de Shiitake

O cultivo começou em outubro de 2015 e de lá é distribuído para restaurantes da região de Cunha e Paraty. E você também pode levar shiitakes para casa, mesmo se vai pegar a estrada.

Cultivo Shitake Cunha

Mais do isso, não deixe de provar as receitas no bistrô do casal, o Fruto da Serra, que fica num lugar muito bonito. A cozinha fica à cargo da Dona Ilza, a esposa do Sr Milton. Todo o cardápio é preparado com os ingredientes frescos plantado no sítio. Não deixe de provar a coxinha de shitake de entrada e para prato principal a lasanha, claro, também de shitake.

Cultivo Shitake Cunha
Cultivo Shitake Cunha

Como chegar à Cunha

Saindo de Paraty pegue a estradinha para Cunha que remota do século 17, da época que o ouro era extraído em Minas e seguia para os portos de Paraty. Alguns trechos da estrada cortam o Parque Nacional da Serra da Bocaina. Belas paisagens se descortinam a todo o momento, mas vá devagar, não só para apreciar a beleza, mas, principalmente com cuidado, porque a estrada é perigosa e cheia de curvas. Repare na quantidade inexplicável de calotas no estreito acostamento.

Cunha

Saindo de São Paulo pegue a Rod Presidente Dutra, passe por São José dos Campos, Caçapava, Taubaté e Aparecida. Chegando em Guaratinguetá saia pela Rodovia Paulo Virgínio, e siga por 48 km até chegar em Cunha.

O Lavandário de Cunha fica no km 54,7. A propriedade fica do lado esquerdo da estrada para quem vem de Cunha e do lado direito para quem está vindo de Paraty. Já para chegar ao Contemplário, você deve seguir na mesma rodovia até o Km 61,5. O Sitio Lindo Amanhecer onde está o cultivo de shiitakes orgânicos fica um pouquinho mais a frente, em sentido à Cuha, na Estrada Catioca, km, 1, Cunha – SP.

Quando ir à Cunha

A melhor época é entre abril e outubro, quando a temperatura está mais fresca e não chove tanto. Aproveite as festas e festivais: Em abril Cunha realiza a Festa do Pinhão, com diversos restaurantes servindo delícias à base da semente. Em julho, o Festival de Inverno reúne atrações culturais e gastronômicas. Em agosto tem o Festival do Cordeiro.

Cunha

Espero que tenham gostado das minhas dicas de Cunha, om lugares especiais como o Lavandário de Cunha e o Cultivo de Shiitakes.

Obrigada pela visita e volte sempre! 😉

Escrito por
Publicado em

Deixe aqui seu comentário!

2 comentários até agora!

  1. Propaganda enganosa
    Estava em São José dos Campos indicaram este passeio que decepção petd3mos tempo é dinheiro cobram a.visita é lá nada tem pra admirar tudo seco deviam avizar na entrada antes de entrar
    A única coisa .boa desta tempo perdido e o mirante onde apreciamos as montanhas
    Não recomendo não vale apenas nem fotos

    1. Olá, que pena que o dia que você foi nao estava bonito… eu curti minha visita mas realmente nao chega perto da imagem que temos dos campos de lavanda da Provence…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *