mitologia egípcia

O Egito Antigo era repleto de crenças, mitos e simbolismos. Descubra neste artigo histórias sobre a mitologia egípcia. Como politeístas, os egípcios acreditavam numa grande quantidade de deuses e tratavam seus faraós como Deuses vivos que possuíam poderes como o deus do Céu, Hórus, ou o deus do Sol, Rá.

egipcia_asas

Hórus, o Deus com cabeça de falcão, foi o filho de Ísis e Osíris que vingou o pai ao reconquistar o trono do Egito. Era o protetor dos faraós. E Rá, o Deus Sol, que podia atravessar o mundo dos mortos.

A antiga religião e mitologia egípcia acreditava na vida após a morte. Quando a alma se desprendia do corpo, uma sequência de rituais mitológicos cercavam a ressurreição como o Culto de Osíris.

Osíris foi escolhido pelos Deuses para ser o rei da terra, mas seu irmão Seth, invejoso, matou e espalhou os pedaços de seu corpo por todo o Egito. Seth era tido como o Deus das trovoadas e das forças violentas da natureza.

egito2

Ísis, a mulher de Osíris, Deusa da vida e da magia, recolheu os pedaços de Osíris. Depois reconstituiu seu corpo com faixas de tecido, possibilitando sua ressureição. Assim ele passou a ser o Deus dos mortos e a primeira múmia da história.

Havia a crença de que, após o falecimento, o morto era conduzido pelo Deus Anúbis, representado por uma cabeça de chacal preta com corpo humano. O morto tinha que se apresentar ao Tribunal de Osíris, local onde se dava seu julgamento. O falecido recebia o “Livro dos Mortos” e declarava seus erros que eram anotados no rolo de papiro pelo Deus escriba, Thot, representado pela cabeça de um pássaro Íbis.

anubis

Nesse ritual seu coração era pesado e, de acordo com o que o morto havia feito em vida, receberia um julgamento. Para que recebesse a aprovação das divindades, não poderia ter cometido nenhum grande mal como roubar, matar, cometer adultério, mentir, causar confusões, etc.

Na balança seu coração não deveria pesar mais do que a pluma da Deusa Maât, a pluma da verdade. Se o coração fosse mais leve que a pluma, recebia a aprovação.  Era conduzido por Hórus para recomeçar sua vida. Maât, Deusa da justiça, vigiava a pesagem.

egito3

Caso contrário, o indivíduo não poderia entrar mundo dos mortos. Sua cabeça era devorada por um deus com cabeça de crocodilo que o espreitava ao lado da balança. Quanto mais erros tinha cometido, mais seu coração pesava, maior seria seu castigo. Era dura a vida no Antigo Egito… 

Está pensando em viajar para o Egito? Veja este post aqui.

Gostou das histórias da mitologia egípcia? Deixe um comentário aqui.

Beijos e até ao próximo post.

Flavia Ribeiro

Você vai gostar de...

Roteiro de 4 dias em El Calafate, Patagônia A região de El Calafate tem locais belíssimos para quem conhecer um pouco da Patagônia Argentina. Certamente vai ter oportunidade de admirar lá paisag...
Roteiro do que fazer em Tavira, Portugal Portugal está cheio de cidades com valor de patrimônio histórico inestimável, e uma delas é Tavira, uma das cidades mais típicas do Algarve, no Sul de...
Como chegar a Gruta Benagil No seu roteiro de viagem ao Algarve não pode faltar uma visita à gruta de Benagil, que é provavelmente o maior cartão postal do Algarve, junto com a P...
O que fazer em Cacela Velha, Portugal O pequeno vilarejo de Cacela Velha, remonta ao tempo da presença árabe na Península Ibérica, e faz parte do Parque Natural da Ria Formosa. A península...

Escrito por
Publicado em

Deixe aqui seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *