Taj Mahal

Sabe aquele lugar absolutamente encantador, imponente e diferente de tudo que já se viu? É ele, o Taj Mahal! Patrimônio Histórico Mundial pela Unesco, o gigante mausoléu é também uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo Moderno. Provavelmente a maior obra prima da arte muçulmana na Índia (quem sabe do mundo!) e dita como a maior prova de amor que já existiu. Por essa razão, mais que merecida, escrevi esse artigo compartilhando todas as dicas do Taj Mahal para tornar sua visita inesquecível.

Taj Mahal

Dicas do Taj Mahal

Posso (quase) afirmar que por maior que seja sua expectativa, presencialmente ela será superada. Porque de foto não dá para dimensionar a grandiosidade desse monumento. Mas, prepare-se, o local está sempre bem cheio, bem turístico mesmo.

Agra

Como chegar em Agra

Basicamente são duas formas de chegar à Agra, a cidade onde fica o Taj Mahal. Primeiro é fazer um bate e volta saindo de Delhi no mesmo dia. Segundo passando uma ou duas noites na cidade para aproveitar as outras atrações de Agra. Sugiro que você fique mais tempo porque tem muito mais a ser visto na cidade. Clique aqui para conferir essas dicas.

O próprio Taj Mahal oferece atrações variadas que não poderiam ser aproveitadas num bate-e-volta como ver o nascer do sol ou assistir ao pôr do sol com vista para o Taj Mahal.

Taj Mahal

Como chegar? Eu cheguei em Agra de carro, com o motorista indiano que contratei por 7 dias no roteiro do Triângulo Dourado. Deixo aqui os contatos dele para quem quiser:

Contatos do Zainul Khan: celular / whatsapp : +91 99 9905.8688. O site dele é o www.primeindiatravel.com e o email é o info@primeindiatravel.com.

Não me arrisquei a alugar carro porque o transito lá é uma loucura, além da mão da direção ser inglesa.

Também existe outra boa opção que é chegar à Agra de trem com o Shatabdi Express, que sai de Delhi às 6h e às 8h10 e retorna às 17h30 e às 21h15. A viagem leva em torno de duas horas. Para maiores informações, consulte a Indian Railway.

Melhor horário e ingressos

Dizem que o melhor horário para visitar o Taj Mahal é de manhã bem cedo, assim que abre. Além de ter menor número de pessoas, parece que o nascer do sol é mágico por conta da luz dourada que ilumina o mausoléu. Outros dizem que é no pôr do sol.

Bem, eu planejei ver o nascer do sol, mas, logo o meu dia amanheceu completamente enevoado (fato comum nos meses de dezembro e Janeiro). Portanto o melhor horário pra mim foi quando abriu o sol. Isso devia ser umas 14hs da tarde. Eu já nem acreditava que o tempo iria melhorar. Veja fotos do início da manhã nesse post aqui.

Dicas do Taj Mahal

O horário de abertura não é determinado, ele varia com o horário do nascer do sol (bonito isso, né?) que pode variar entre 5:30 a 6:00h da manhã.

Fique de olho se sua viagem coincide com a lua cheia. Se sim, você tem a possibilidade de visitar o Taj Mahal com lua cheia! Imagina isso? Deve ser uma experiência simplesmente fantástica! Mas planeje isso com antecedência. É também preciso comprar o ingresso no escritório do Archeological Survey of India com, no mínimo, 24h de antecedência. O chato é que a permanência é limitada em só meia hora…

Taj Mahal

Um detalhe muito importante do planejamento é saber que ele fecha nas sextas-feiras! Imagina você desavisado chegando em Agra… Nem pensar! Anote todas as dicas do Taj Mahal para não cair em furada.

A entrada no Taj Mahal

A entrada custa aproximadamente USD 15,00. Para evitar perder tempo nas filas, é bom comprar o ingresso na internet com antecedência e não esqueça de incluir a entrada na parte interna (visita ao mausoléu). Leve o seu impresso para trocar pelo efetivo ticket nos portões de entrada.

Existem três portões de entrada para o Taj Mahal: sul, leste e oeste. Dê preferência aos dois últimos pois sua bilheteria abre com o nascer do sol. A entrada sul só funciona às 8h. É uma boa alternativa quando as filas estão enormes nos portões leste e oeste.

Dicas do Taj Mahal

Ao comprar seu ingresso, você receberá um par de protetores de calçados para não danificar o o piso do prédio principal. Você vai ganhar também uma garrafa de água, pois não é permitido entrar com alimentos ou bebidas.

Do estacionamento ao portão de entrada tem uma distância de aprox. 1km, de uma rua lotada de ambulantes. Nós pegamos um tuk-tuk e rapidinho chegamos.

Tuk tuk na india

É importante saber que há muitos itens que não são permitidos entrar. Leve o mínimo possível. Mesmo uma mochila grande já representar um problema. Você pode entrar com sua carteira, câmera, medicamentos, óculos de sol e uma garrafa de água (ah! Você já ganhará uma garrafa junto com o ticket). Fique atento que não pode levar tripé (é não pode…), drones (de jeito nenhum!), baterias/carregadores (podes crer), comida, cigarros, etc. Portanto leve o mínimo mesmo…

Anotem mais dicas do Taj Mahal: Quanto ao “dress code”, recomendo ir com ombros e joelhos cobertos, sejam homens ou mulheres. Lembre-se que o Taj Mahal é um monumento islâmico.

Com guia ou sem guia?

Eu circulei com um guia e achei que foi bem legal. Ele contou todas as histórias que eu reproduzo aqui para vocês, conseguiu um fotógrafo para gente (não sei se valeu muito a penas não…) e agilizou nossa entrada. O meu guia foi arranjado pelo Khan, o motorista com quem fizemos o Triângulo Dourado. Mas existem vários guias que oferecem seus serviços ao lado da bilheteria e perto do portão de entrada. Apenas verifique se eles são guias autorizados pelo governo da Índia.

Preparados para entrar no Taj Mahal?

Ao entrar no Taj Mahal você vai passar pelo arco do primeiro portão, dá até um aperto no coração de lembrar… Confesso que tinha as mais altas expectativas de ver o Taj Mahal de perto, mas todas elas foram ser superadas! Não é à toa que ele recebe mais de 6,5 milhões de visitantes todos os anos e está na bucketlist da maioria dos viajantes.

Taj Mahal

Uma dica ao entrar: deixe a galera se matando para tirar a foto do laguinho (com o reflexo do Taj Mahal) pra você tirar na saída. Na entrada tem muito mais gente, na saída no mínimo igual. Entrando rápido você vai apreciar o resto do local mais vazio, enquanto os outros fazem fila no primeiro posto.

A História do Taj Mahal

Super importante conhecer a história do Taj Mahal para que a sua visita fique mais rica e completa. São tantos detalhes que eu resolvi escrever um artigo separado desse para contar isso para vocês. Clica no link para ser direcionado, ok?

Taj Mahal

Espero que tenham gostado (e anotado) todas as minhas dicas do Taj Mahal. Não deixem de conferir os todos os artigos que eu escrevi sobre a Índia, ok?

Continue lendo:

Obrigada pela visita e volte sempre!

Escrito por
Publicado em

Deixe aqui seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *