São Francisco de Quito, mais conhecida como Quito, é a segunda capital mais alta do mundo. Localizada na região andina do Equador, a 2850 metros acima do nível do mar, é rodeada por montanhas, vales e vulcões. Por ali também passa a linha que divide os dois hemisférios. Se não bastasse tudo isso, possui o centro histórico mais bem preservado da América Latina, declarado pela UNESCO como o primeiro Patrimônio da Humanidade. Leia aqui nesse artigo minhas dicas de Quito.

Dicas de Quito

Dicas de Quito

Uma viagem que reserva muita história, cultura e belas paisagens! Vamos conferir aqui as melhores dicas de Quito!

Como chegar a Quito

Atualmente não há voos diretos para o Equador. Os trajetos passam normalmente por Lima ou Bogotá com a Avianca, ou Copa Airlines via Panamá. A melhor opção vai depender da sua temporada e das promoções da época. Consulte sua passagem aqui.

Dicas de Quito

Como é a temperatura em Quito?

Por conta da altitude, tá sempre fresco ou frio em Quito. A temperatura média gira em torno de 16°C, com máximas de 22°C entre agosto e setembro, e mínima de 10°C em março e abril. Existem praticamente duas estações: a seca que vai de junho a setembro, a e chuvosa de outubro a maio.

Dicas de Quito

É importante lembrar que a cidade está 2850 metros acima do nível do mar, e, portanto, é preciso aclimatar com a altitude. Descanse nas primeiras horas que chegar e faça passeios mais leves nos primeiros dias. Evite bebida alcoólica e comida pesada. Eu não senti nada em Quito ou Cuenca, mas passei muito mal em La Paz na Bolívia (em outra ocasião). Procure assistência se sentir-se mal.

O que fazer em Quito em três dias

Organizei meu roteiro em Quito para o primeiro dia explorar o Centro Histórico. No segundo dia fui à o Parque Metade del Mundo e no terceiro até o vulcão Quilotoa. Podia ter ficado mais alguns duas pois me faltou tempo para conhecer o Cotopaxi, um dos maiores vulcões ativos do mundo, curtir a vida noturna em La Mariscal e fazer um bate-volta ao Mercado de Otavalo. Abaixo conto sobre minhas principais dicas de Quito e minha programação detalhada.

Dicas de Quito

Centro histórico de Quito

Escrevi um artigo inteiro sobre o centro histórico de Quito, pois realmente fiquei encantada seu conjunto de casarões coloniais, ruas, museus e catedrais. Os highlights são:

Plaza de la Independência – Comece seu tour pelo centro nessa praça que tem um monumento em homenagem aos heróis que lutaram pela independência em 1809. Lá também encontrará o Paço do Arcebispo e o Paço Municipal.

Dicas de Quito

Basílica de Voto Nacional – Não deixe de visitar a basílica, você pode subir até sua torre e ter uma visão panorâmica do centro histórico. Se interior é fenomenal.

Dicas de Quito

Calle La Ronda – esta é uma pequena rua movimentada à noite com bares, restaurantes, lojinhas e artistas de rua. Veja mais detalhes nesse artigo aqui.

Dicas de Quito

Iglesia de La Compania – tem o interior todo forrado à ouro, é de tirar o fôlego! Não deixe de visitá-la e subir até suas cúpulas. É considerada uma das obras mais importantes da arquitetura barroca espanhola na América Latina.

Dicas de Quito

Ciudad Mitad del Mundo

O Parque Ciudad Mitad del Mundo é também uma atração imperdível. Ela fica nos arredores da cidade, localizada na freguesia de San Antonio, a 30 km do centro histórico de Quito.

Linha do Equador

Ali está o monumento que demarca a Linha do Equador e separa o mundo em dois hemisférios. Em nenhum outro lugar do planeta é tão fácil chegar na localização de latitude zero.

Mitad del Mundo Quito

É uma visita inegavelmente turística, mas também muito educativa e divertida. No interior do Parque há mais de 15 atrações entre museus, um planetário, casas ancestrais e exposições. Conto em detalhe como é essa visita no próximo artigo.

Quilotoa e a Avenida dos Vulcões

No meu terceiro dia fui conhecer o a cratera do Vulcão Quilotoa e passei pela famosa “Avenida dos Vulcões”, uma estrada com 14 vulcões. ativos e adormecidos, entre eles o vulcão Chimborazo que fica a 6310 m e o Cotopaxi com 5897 metros.

cotopaxi avenida dos vulcoes

O Quilotoa fica a 3.900m de altitude e no topo de sua cratera, no lugar do magma efervescente, está um lago verde esmeralda. Dizem que esse vulcão não está mais ativo, mas o povo local acredita que está sim por conta dos gases que emite. Vai saber…

quilotoa

+ Toda a minha experiência na trip até Quilotoa está nesse artigo aqui.

Onde ficar em Quito

As suas principais opções pra se hospedar em Quito são o Centro Histórico e o bairro Mariscal Sucre.

Eu escolhi ficar no Centro Histórico para aproveitar esse patrimônio da humanidade por inteiro. Fiquei pertinho da maioria das atrações turísticas de Quito, caminhei muito durante o dia. Mas, bom saber que ali à noite é vazio e até mesmo perigoso.

onde se hospedar em Quito

Me hospedei no Hotel Boutique Vista del Angel que é um antigo castelo restaurado com estilo mudéjar de arquiteta árabe espanhola. Amei a experiencia e conto no próximo artigo. Outra ótima opção é a Casa Gangotena Hotel Boutique. Veja mais detalhes aqui no blog Viajar pelo Mundo da Claudia Liechavicius.

Não esqueça de reservar seu hotel usando esse link do Booking (ou clicando no menu Organize sua Viagem na home do blog). Você paga o mesmo preço e nos ajuda com uma pequena comissão que custeia os servidores do blog.

Onde se hospedar em Quito

A outra opção, La Mariscal, é um bairro mais boêmio, com mais opções de bares e restaurantes e mais seguro para passear à noite que o centro. Não posso detalhar pois como falei escolhi me hospedar no centro histórico.

Onde comer em Quito

E aí curtindo as dicas de Quito?! Aqui deixo duas indicações de restaurantes aqui. O primeiro é o Restaurante La Vid localizado no último andar do Paço do Arcebispo na Plaza de la Independencia. De suas varandas é possível apreciar as cúpulas da Catedral Metropolitana, o Palácio Carondelet, e até mesmo o Panecillo. O atendimento é muito atencioso e simpático e especialidade é a culinária equatoriana. Ali provei uma sopa de locro deliciosa.

Pra jantar super indico o Nuema que fica no hotel boutique The Illa Experience. Criado pelos chefs Pía Salazar e Alejandro Chamorro que já figuraram no também estrelado Astrid y Gastón. Servem menu de degustação de 14 passos espetaculares com produtos locais e sazonais frescos. Cada curso foi excepcional, harmonizado com uma ótima seleção de vinhos.

O Nuema estreou em 2020 no ranking dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina. Foi o primeiro estabelecimento equatoriano a fazer parte da famosa lista. Uma verdadeira experiência gastronômica que não pode faltar na sua lista de onde comer em Quito. Convém fazer reserva antecipada. O Nuema fica na Junín E1-44 e Juan Pío Montufar, San Marcos, no Centro Histórico.

Compras em Quito

Eu não sou nada consumidora, mas sempre gosto de ver os artesanatos locais, principalmente da região andina, caracterizados por seus belos coloridos. Ali vai encontrar todo tipo de suéteres de alpaca, echarpes, meias, redes e todo tipo de artigo tecido em todas as cores e formas. Lindos, baratos e ainda dá para negociar. Aproveite para comprar umas lembranças para a família e os amigos.

Vale a pena também comprar chapéus do Panamá, que na verdade são originários do Equador. Os mais famosos são fabricados em Cuenca, uma encantadora cidade que visitei nessa viagem. Clique aqui para saber a historia dos chapéus e onde comprar.

Espero que tenham gostado das dicas de Quito. Não deixem de ler todos os outros artigos da viagem ao Equador.

+ Aqui também estão meus artigos de GALÁPAGOS!

Obrigada pela visita, voltem sempre!

Boa viagem!

Escrito por
Publicado em

Deixe aqui seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.