Veja aqui todas as dicas de Ibitipoca: Cachoeiras, penhascos, lagos, pequenas praias naturais, grutas, paredões, cavernas e trilhas! Esse cenário exuberante está na Serra do Ibitipoca, uma continuação da Serra da Mantiqueira, na zona da mata, sudeste de Minas Gerais, onde se dividem as bacias do Rio Grande e do Rio Paraíba do Sul. É uma das reservas mais visitadas do Estado, uma das mais conhecidas do Brasil, e está entre as principais atrações turísticas do estado de Minas Gerais.

Ibitipoca-trilhas-minas-gerais - 1 (4)

História de Ibitipoca

Localizada no município de Lima Duarte, Conceição do Ibitipoca já vem sendo trilhada há muito tempo, desde que os primeiros bandeirantes paulistas cruzaram a região em 1692. É um dos mais antigos povoados mineiros, da época do ciclo do ouro, fundado no século XVII. Conta a historia que passaram por ali Borba Gato, Anhanguera e Antônio Rodrigues de Arzão.

Rota das minerações da “Capitania das Minas Gerais”, por ali também passou a Estrada Real que levava o metal precioso de Vila Rica (atual Ouro Preto) e Mariana, para os portos de Paraty.

Ainda na história, dizem que a região serviu de refúgio para vários inconfidentes, perseguidos pela Coroa Portuguesa, e que até a centenária árvore do centro da vila foi palco de execuções de enforcamento na Inconfidência Mineira.

Depois que todo o ouro foi todo extraído, Ibitipoca foi esquecida por mais de 150 anos, pra ser redescoberta no século XX, na década de 70, com a chegada de trilheiros e aventureiros. Atualmente é uma pequena vila com um centro cheio de lojinhas de artesanato, restaurantes, casas, e duas igrejas em estilo barroco antigo.

Ibitipoca-trilhas-minas-gerais - 1 (8)

Parque Estadual de Ibitipoca

Mas sua principal atração é o Parque Estadual do Ibitipoca, criado em 1973, com administrado pelo Instituto Estadual de Florestas, de Minas Gerais. O parque protege 48 cachoeiras e 74 grutas formadas de quartzito, um mineral raro no mundo todo. Com uma área de 1.488 hectares, altitudes que variam entre 1.100m a 1.784m, é uma importante unidade de conservação ecológica do país.

Geólogos, biólogos e demais ambientalistas, estão preocupados com o alto fluxo de visitantes, visando garantir a preservação do ecossistema, em função da fragilidade de seu solo formado por quartzo.

Pensando nisso, em 2015, o número máximo de visitantes no Parque do Ibitipoca foi reduzido para 300 nos dias úteis, e 800 nos finais de semana e feriados (o limite anterior era de 1200 pessoas por dia). Se juntos propagarmos a consciência ecológica, o desenvolvimento do turismo não será prejudicial!

A região é uma das maiores biodiversidades do planeta, considerada a segunda maior reserva de quartzo do mundo, perdendo só para a Venezuela. Do alto das trilhas se vê enormes lençóis brancos, que muitos acham que é areia, mas são cristais de quartzo. Geólogos afirmam que a região já foi fundo do mar, há cerca de 1,5 milhão de anos.

Ibitipoca-trilhas-minas-gerais - 1 (17)

E são também as camadas de cristal de quartzo responsáveis pela estranha coloração das águas do Ibitipoca, que vão do cristalino, passando pelo amarelo forte, até o marrom coca-cola. Isso porque o solo poroso, acumula material orgânico. Mas, apesar de escura, ácida e espumante, ela é limpa e pura. Olha o vídeo aqui!

Em tupi-guarani, “Ibiti“ significa serra e “poca” quer dizer estalo ou estouro. O nome, então, quer dizer serra que estala, pedra fendida ou fenda retorcida. Isso porque o quartzo, o mineral da região, tem a propriedade de acumular mais energia que um solo comum e, na época das chuvas e das grandes tempestades elétricas, o número de relâmpagos que bombardeiam essa região é dezenas de vezes maior que em qualquer outra parte do Brasil. #todocuidadoépouco

Trilhas | Dicas de Ibitipoca

Atenção nas trilhas, penhascos e cachoeiras! Recentemente houve um sério acidente em que uma pessoa caiu do alto da Janela do céu, mas por sorte, nasceu de novo.

Ibitipoca-trilhas-minas-gerais - 1 (29)

Histórias sobre as perigosas alturas de Ibitipoca estão no imaginário do povo, que até hoje contam essa bela história de amor e heroísmo entre dois povos indígenas rivais da região: os solares, que viviam no alto das montanhas, praticante do bem, e os lunares, adeptos à magia negra.

Conta a lenda que dois guerreiros, um de cada povo, cobiçavam a mão da belíssima filha do chefe solar. Decidiram então travar um combate de morte para decidir qual deles se casaria com ela, marcado no alto do monumental Paredão de Santo Antônio.

Ibitipoca-trilhas-minas-gerais - 1 (22)

Além de casar com a bela índia, o vencedor se tornaria também o chefe supremo dos dois povos. Infelizmente, conta a história, que o guerreiro do bem, preferido da filha do chefe, não conseguiu se concentrar no combate, pois mantinha os olhos na sua amada, por magia negra de seu desafiante. Distraído, acabou mortalmente ferido, despencando do precipício para a morte.

Contam que a índia, desesperada, atirou-se atrás do amado, morrendo com ele. Então, passando por lá, não deixe de observar no pé do paredão, sob as águas calmas do Lago das Miragens, o desenho dos dois enamorados, eternizados na serra dos cristais.

As Trilhas de Ibitipoca

São 3 as principais trilhas que levam às atrações do parque:

1) Roteiro das águas

A trilha mais fácil do parque, mas na minha opinião, a mais linda! São somente 5km de extensão passando por cachoeiras, piscinas naturais, paredões rochosos e grutas.

As principais paradas devem ser:

Lago das Miragens – piscina natural localizada no Ribeirão do Salto ao lado do paredão. Muito utilizada para nado e banho. Distância da portaria: 2.200m.

Ponte de Pedra – túnel que o Ribeirão do Salto escavou na rocha, atravessando o paredão. Distância da portaria: 2.500m.

Ibitipoca-trilhas-minas-gerais - 1 (11)

Cachoeira dos Macacos – Localizada no Ribeirão do Salto, é uma cachoeira cercada por paredão, com queda de aprox. 30m, formando uma piscina natural. Distância da portaria: 2.800m

Gruta do Gnomo – Não é aconselhável entrar nesta gruta pois seu acesso é estreito e muito escorregadio. Na saída da gruta tem uma piscina natural muito utilizada para nado e banho de sol. Distância da portaria: 2.000m

Prainha – Piscina natural cercada por areia branca, mata e paredão. Distância da portaria: 1.600m.

Ibitipoca-trilhas-minas-gerais - 1 (27)

Lago dos Espelhos – É uma cachoeira e piscina natural, localizada no Ribeirão do Salto. Com um banco de areia, que fica de frente para a queda d’água. Distância da portaria: 2.400m.

2) Janela do Céu

São 16km totais de trilha, com nível médio a alto por conta de forte inclinação e trilha praticamente sem sombras. Mas garanto que vale cada gota de suor para chegar na Janela do Céu, uma cachoeira emoldurada por uma formação arvores, sob um penhasco monumental. É certamente a maior atração do circuito, que conta ainda com muitas grutas e lindas paisagens de montanha.

Ibitipoca-trilhas-minas-gerais - 1

Janela do Céu – Cachoeira localizada no Ribeirão Vermelho. 7 quedas d’água, em forma de degrau, caem do topo. A visitação é feita apenas no topo de onde tem-se a vista do vale e da dimensão do parque. Atenção, local perigoso e escorregadio, à beira de precipício e queda d’água. Distância da portaria: 8.000m.

Ibitipoca-trilhas-minas-gerais - 1 (7)

Cachoeirinha Localizada no Ribeirão Vermelho sua queda é de aproximadamente 35m caindo primeiro sobre um degrau e depois na pequena piscina natural, que forma uma pequena praia natural. No inverno, com pouca chuva, sua queda d’água quase desaparece. Distância da portaria: 7.500m.

Cruzeiro No alto da montanha, essa cruz de madeira leva trilheiros e religiosos aos seus a 1.500m de altitude. Distância da portaria: 3.100m.

3) Pico do Pião

Num percurso de 11Km, 5,5 km ida e volta, e nível médio de dificuldade, com bastante subida para chegar até o Pico do Pião, o segundo ponto mais alto do parque com 1.727m de altitude, com visão de 360 graus de grande parte do parque. Sem dúvida,  um local privilegiado para assistir o nascer do sol. Distância da portaria: 5.200m.

O Pico do Pião ainda sustenta a ruína do altar da capela do Senhor Bom Jesus da Serra, destruída pelos ventos e tempestades, frequentes naquele cume. Alguns moradores narram que o sino da capela está enterrado na mata fechada, abaixo do Pico, depois que um morador começou a dar badaladas na noite em que o sino de bronze nunca mais foi visto…

Ibitipoca-trilhas-minas-gerais - 1 (5)

Como chegar em Ibitipoca

Chegar em Ibitipoca é fácil, mesmo que você venha do Rio ou São Paulo. Primeiro você tem que chegar em Lima Duarte, antes de pegar a estrada para a vila de Conceição de Ibitipoca, onde está o parque. Dali em diante, uma estrada de 27 km, parte em terra, te aguarda por mais 30 minutos de vistas deslumbrantes. Prefira um carro alto e preparado para estradas de terra, trechos de subida e muitas pedras.

Pra quem sai do Rio de Janeiro são 260km de distância, percorridos em umas 4 horas de viagem pela na “BR-040” na direção de Juiz de Fora. Continue até a Lima Duarte e entre na cidade para pegar a estrada citada acima.

Ibitipoca-trilhas-minas-gerais - 1 (3)

Vindo de SP, pegue a Rodovia Presidente Dutra até Cachoeira Paulista ( 220Km ), continue até a entrada de Caxambu (passando por Passa Quatro e Itanhandu). Na rotatória de Caxambu siga a placa que indica Juiz de Fora, e siga até Lima Duarte e siga as instruções acima.

Com o crescimento da atividade turística na região, o Parque Estadual de Ibitipoca pode ganhar uma nova via de acesso pelo município de Bias Fortes. Mas para isso é ainda preciso autorização de proprietários das áreas privadas para o trânsito de turistas e a criação de um posto de controle no ponto extremo norte do parque.

Essa nova estrada oferecerá a possibilidade aos seus visitantes passarem apenas uma vez pelo parque, sem precisar retornar pelo mesmo caminho, decisão de menor impacto ambiental.

Ibitipoca-trilhas-minas-gerais - 1 (10)

+ Dicas de Ibitipoca

  • A vila tem mercadinhos pra comprar comida, bebida e itens de higiene pessoal, mas não tem posto de gasolina! Abasteça em Lima Duarte na ida e na volta! Também não tem banco lá, leve dinheiro vivo pois nem todos os lugares aceitam cartão.
  • Leve suas botas de trilha, mochila com lanches e muita água. Indispensável também o boné, filtro solar e óculos escuros.
  • À noite faz um friozinho, mesmo no verão dá para usa um casaquinho. Se for no inverno, algumas noites chegam a bater 5°C, disse a senhora da pousada. Prepare-se!
  • O parque, que dispõe de centro de informação e educação ambiental, camping, churrasqueiras, banheiros e restaurante, fecha às segundas-feiras (exceto feriados emendados).
  • Se for acampar, nunca acenda fogueiras, use somente churrasqueiras do camping.

  • Se procura uma opção de hospedagem na vila, use a caixa do booking do blog para encontrar sua pousada, você paga o mesmo preço e ainda ajuda o blog!
  • Informações atualizadas, como preço dos ingressos, podem ser obtidas neste link.
  • Não alimente os animais, e se for acampar, guarde sua comida em sacos, e amarre-as em galhos no alto das árvores, pois você pode chamar atenção de um lobo guará…
  • Todo cuidado é pouco, o parque possui pontos perigosos, pedras escorregadias, lodo, paredões, cachoeiras e grutas. Além disso, só caminhe nas trilhas, para não se perder e evitar encontros indesejáveis como cobras e outros animais também existentes no parque, como as onças parda e pintada e a jaguatirica.
  • Sempre que possível vá acompanhado de um guia. Eu fiz minha viagem com a Batiks Sports, contato com o Fabio através do tel 21 99629-6869 ou fabio@batikssport.com.br ou no facebook clicando aqui.
  • No final do dia os mosquitos atacam! Leve na mochila uma muda de calças compridas. mangas longas, e repelente.
  • Leve sempre uma lanterna, e, em caso de tempestade, procure abrigar-se em grutas. Não grite pois pode haver desabamento!
  • Respeite a natureza. Traga de volta o seu lixo!

Ibitipoca-MG

Gostaram das dicas de Ibitipoca? Se sim, deixa um comentário aqui. E se tiver alguma dúvida também!

Um beijo e até a proxima trip!

Escrito por
Publicado em

Deixe aqui seu comentário!

2 comentários até agora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *