Featured Video Play Icon

Dicas da Amazônia, Organize sua viagem

Se você chegou até aqui é que está planejando uma viagem à maior reserva natural do planeta! É sim, a Floresta Amazônica é uma das maiores riquezas da nossa humanidade. Seu bioma tem mais de 40.000 espécies vegetais e temos em torno de 10% da reserva global de carbono armazenado… Vale a sua visita?! Vale muito! Veja aqui dicas da Amazônia para você organizar sua viagem.

Dicas da Amazônia

E confira também:

+ Parque Nacional Anavilhanas – Rio Negro

+ Hotel de Selva Anavilhanas Lodge

Dicas da Amazônia

Ir à Amazônia requer um planejamento. É preciso saber bem onde vai ficar, organizar os passeios, ver a estação certa e muito mais. 

Qual a melhor época para ir à Amazônia 

Embora o clima da região norte seja quente e úmido, com chuvas durante todo ano, ela é dividida em duas estações: a época chuvosa, quando as chuvas são intensas, e a estação seca. A temperatura média fica entre 27º C, com a máxima lá pelos 40º C.

Dicas da Amazônia

A estação chuvosa

A época chuvosa, de dezembro até maio, tem a vantagem dos barcos poderem navegar por percursos maiores e também dá para fazer passeios de canoa pelos igapós na parte da floresta inundada. A desvantagem é a chuva… mas dias ensolarados e quentes não são incomuns mesmo nessa época.

A cheia do Rio Negro atinge seu ponto máximo em meados de junho. Ela acontece não só por conta das chuvas, mas também pelo degelo nos Andes. É que o rio nasce lá no Peru, nas águas do Ucayali e do Marañon, com suas nascentes nas encostas dos Andes. Ele entra no Brasil com o nome de Solimões e somente passa a se chamar Amazonas a partir do momento em que se encontra com o Rio Negro, perto da cidade de Manaus. Daí ele segue até a sua foz que fica na divisa entre o Pará e o Amapá. É incrível…. Nesse trecho ele derrama 180 milhões de litros de água por segundo!!! Pensa nisso!! Chega a empurrar as águas do Oceano Atlântico por mais de 120 km oceano a dentro… É a força da natureza!

Dicas da Amazônia

O nível do rio sobe muitos metros, alcançando sua máxima entre os meses de junho e julho. O recorde da maior cheia foi em 2012, quando o rio subiu quase 30 metros acima do nível do mar. Imagina isso? O Rio Negro e Solimões, os dois maiores, que, ao se encontrarem formam o Rio Amazonas, o segundo mais longo do mundo. Os rios da bacia Amazônica têm quase 20% da água doce do planeta! Tem noção disso? 

A estação seca

O nível do rio começa a baixar em meados de junho, quando começa o período da seca, que vai de julho a novembro. Essa época é ótima para aproveitar as praias fluviais (que desaparecem quando o rio está cheio). Também é bom pra ver mais animais e o pôr do sol fica mais lindo nessa época. Há também menos mosquitos!

Dicas da Amazônia

A maior vazante do Rio Negro acontece no mês de novembro, quando se formam as praias de ao longo do arquipélago. Nessa época o calor é bastante intenso! Enfim, todas as épocas são boas, cada um com a sua beleza! Cabe a você escolher qual vai visitar primeiro!

O que fazer na Floresta Amazônica

Há muito o que explorar a floresta. São diversos passeios como o avistamento de pássaros, macacos, jacarés, botos e bichos-preguiça. Você ainda pode ter a oportunidade de visitar uma comunidade ribeirinha para conhecer como vivem e mais sobre a cultura deles.

Dicas da Amazônia

Não deixe de experimentar a culinária local também, a base de peixes, castanhas e frutas da região.

Ver o nascer ou o pôr do sol é imperdível.

Fiz um post detalhando todos os passeios e outras dicas da Amazônia. Clica aqui para ler.

Onde ficar – Dicas da Amazônia

Escrevi um post para contar como foi minha experiência no Anavilhanas Jungle Lodge. Clica aqui para ler sobre isso.

Hotel de Selva Anavilhanas

Vai e volta para cá, tá?

Quanto tempo ficar

Fiquei quatro dias e deu tempo para curtir bastante. Adoro essas viagenzinhas que dá para aproveitar um feriado prolongado.

Talvez se tivesse mais tempo teria conhecido Manaus na mesma viagem. Esses 4 dias foram inteiros e intensos na floresta.

Dicas da Amazônia

O que levar para sua viagem à Amazônia

Na mala coloque roupas leves e confortáveis, e para todos os dias e todas as ocasiões. Não exagere, mas também não economize por três motivos:

  1. Faz um calorão na Amazônia! Dá vontade de tomar vários banhos por dia e trocar de roupa.
  2. Além disso, as caminhadas na mata normalmente sujam a roupa.
  3. E o terceiro motivo é que a maioria dos hotéis não dispõe de serviço de lavanderia porque o sistema de tratamento da água é dimensionado apenas para seus efluentes diários.

Dicas da Amazônia

Para os passeios na mata leve calças compridas leves. Uma boa opção são aquelas blusas de manga longa dry fit, que seca rápido. No pé use sapatos fechados. Melhor opção é uma bota de trilha. Para os passeios de barco, se você tiver, é legal levar acqua shoes.

Como chove frequente, não deixe de levar também capas de chuva. Eu passei esse sufoco na selva e quero deixar aqui mais essa dicas da Amazônia pra você. Inclua também chapéu/boné, óculos de sol, trajes de banho, além de protetor solar de alta proteção.

Não esqueça a farmacinha com os medicamentos que você pode por ventura precisar: pomadas e antialérgicos, curativos, repelentes, analgésicos e anti-inflamatórios. Se quiser prevenir, leve loção anti-carrapatos. Falando em carrapatos, recomendo que você separe a roupa suja das outras num saco plástico para evitar que os carrapatinhos passem para a roupa limpa.

O que fazer em Anavilhanas

Leve dinheiro para comprar artesanatos nas visitas às aldeias indígenas ou comunidades ribeirinhas.

Não esqueça também da vacina contra a febre amarela, que é recomendada para toda a região Norte. Ela pode ser tomada em hospitais da rede pública ou nos aeroportos, mas recomenda-se que uma antecedência de 10 dias antes da viagem.

E claro, não esqueça da máquina fotográfica, lanternas e se tiver binóculos.

E os mosquitos?

Na região do Rio Negro não há mosquitos, pois, as águas escuras tem um elevado grau de acidez, com pH entre 4 e 5, e isso inibe a proliferação de insetos.

Além disso os hotéis colocam mosquiteiros na janela que protegem também de outros bichos. De qualquer forma é sempre bom levar o repelente, usar calça comprida e camiseta de manga longa nas caminhadas pela mata.

O que fazer em Anavilhanas

Agora se você for para outra região da Amazônia, (Rio Solimões e o Amazonas por exemplo), pode ter sérios problemas com mosquitos e deve providenciar um repelente potente.

Gostou das dicas da Amazônia?! Então deixa um comentário aqui pra mim! 

+ Veja aqui os outros posts sobre a Amazônia!

Bjs e até a próxima aventura!

Flavia Ribeiro

 

Você vai gostar de...

A Pedra Furada no Jalapão, Tocantins Cada lugar no Jalapão traz uma surpresa diferente. Passamos 4 dias dirigindo por estradas de terra, admirando as paisagens do cerrado brasileiro, merg...
Fervedouros do Jalapão, os imperdíveis Tocantins reúne as mais belas paisagens de cerrado brasileiro, paredões, cachoeiras, rios, dunas e os fervedouros do Jalapão. Das atrações que encontr...
Hidroavião em Fiji – uma experiência única... Se você tiver oportunidade não deixe de experimentar o passeio de hidroavião em Fiji. Além de ser um sobrevoo espetacular, é a maneira mais rápida e e...
Blue Lagoon em Fiji | Onde ficar O superpremiado Blue Lagoon em Fiji é um dos mais belos resorts do arquipélago de Yasawas. Você não vai acreditar na cor da água! As deslumbrantes pra...

Deixe aqui seu comentário!

Escrito por
Publicado em