Mercado Ubud

Sempre procuro fazer uma aula de culinária pelos lugares que viajo pois é uma ótima forma de me aproximar mais da cultura local, além de claro aumentar meus dotes! Neste post aqui conto sobre como foi a minha aula de culinária em Ubud, Bali.

A aula nos ajudou a compreender mais da cultura do povo balinês. Enquanto preparávamos o alimento, falávamos sobre os costumes, a religião e o modo de vida das pessoas que vivem lá. Uma experiência única, muito além de uma aula de culinária.

aula de culinaria Ubud

ubud-bali-aula-culinaria-1-12

+ Leia aqui o post sobre a importância do arroz na cultura asiática

A cozinha balinesa caracteriza-se por seus em temperos únicos que dão aos pratos sabores intensos. O protagonista é o arroz (nasi), consumido no mínimo 3 vezes ao dia, que pode ser servido frito (goreng), ou ao vapor (pusih). É acompanhado de uma grande variedade de legumes, verduras, pescados ou carne. Frutas tropicais e hortaliças também acompanham a maior parte dos pratos. Os pratos são geralmente picantes, com uma grande variedade de pimentas e especiarias.

Antes um pouco de história…

Bali tem sua culinária influenciada pelas culturas chinesa, árabe e indiana, mas também sofreu influência da cultura ocidental. É que no século XV mercadores portugueses e árabes chegaram à Indonésia em busca de suas valiosas especiarias, misturando hábitos culinários diferentes. Foi ocupada também por holandeses e japoneses. O resultado é uma culinária saudável e exótica, que reúne elementos de diversas partes do mundo!

A religião predominante é o hinduísmo, assim como na Índia, também em Bali as vacas são consideradas animais sagrados. As proteínas mais utilizadas são frango, porco, peixe e pato.

ubud-bali-aula-culinaria-1-1

Um costume balinês é oferecer aos deuses e aos maus espíritos uma pequena porção de alimento, antes que a família comece suas refeições.

A visita ao mercado de Ubud

O dia começou logo cedo, às 7hs da manhã para uma visita ao mercado de Ubud, horário que somente os locais estavam lá. Não havia nenhum sequer turista, pelo menos àquela hora. Além de conhecer o mercado, nossa visita destinava-se a também comprar os ingredientes no mercado tradicional de Ubud. Os produtos ficam dispostos em balaios e cestos direto no chão e se encontra de tudo. Espere ver cores e sentir sabores diferentes de tudo o que já possa ter visto.

ubud-bali-aula-culinaria-1-21

mercado ubud

Ali também presenciamos senhoras preparando as cestinhas de oferendas (canang sari) que são feitas com flores nativas e folhas de bananeira. Mais uma oportunidade para ver o modo de vida balinês, e para ver como eles fazem barganha ao comprar.

oferendas bali

mercado ubud

Infelizmente a maioria desses temperos locais são raramente exportados, o que dificulta reproduzir essas receitas aqui no Brasil como o mesmo sabor.

A cozinha no meio do arrozal

Dali voltamos ao nosso hotel onde seguimos para uma cozinha montada especialmente para os cursos de culinária no meio da plantação de arroz. Cozinhamos no fogão à lenha e usamos utensílios rústicos como o pilão.

O chefe apresentou o menu, explicou com detalhes a preparação de cada prato e nos orientou em cada etapa. Não é necessário ter prévio conhecimento ou experiência para fazer a aula, todos deveriam experimentar uma aula de culinária em Ubud.

A medida que os ingredientes eram picados, amassávamos no pilão. Usamos pimenta, alho, cebola, tomate, capim santo, cúrcuma, djahé (familia de gengibre), ketumbar (koriander indonésio), cravo e noz moscada. É muito comum usarem o cominho (djinten), kemiri (amêndoa), folha de pandan e kemangi (salsa).

bali ubud

ubud-bali-aula-culinaria-1-13

aula culinaria em ubud

ubud-bali-aula-culinaria-1-14

Instagram

O menu

Uma refeição costuma ter de 5 a 7 pratos servidos em pequenas quantidades. Os balineses não costumam usar talheres, servem-se diretamente com as mãos. Um banquete pode chegar a ter por volta de vinte pratos!

Nosso menu era composto por 1 entrada, 1 prato principal, e 1 sobremesa. De entrada preparamos uma sopa com legumes e frutos do mar. Deliciosa!

Para o curso principal preparamos um prato muito típico de Bali, o sateh babi, espetinhos feitos com frango desfiado e óleo de coco. Quase um ‘churrasco’ indonésio! Pode ser feito também com carne de porco, quase sempre servido com molho picante de amendoim.

sateh babi bali ubud

sateh babi bali ubud

sobremesa balinesa

aula de culinaria ubud

A sobremesa é um capítulo à parte! Preparamos o pisang soe-soe, uma deliciosa especialidade de banana à milanesa com farinha de trigo e ovo. Para acompanhar, sorvete.

Ao final, fomos à mesa saborear os pratos, mas não antes de oferecer um pouco aos Deuses e aos maus espíritos também. O almoço é servido num deck de madeira à frente da cozinha com uma bela vista do campo de arroz.

aula de culinária Ubud

Onde fizemos a aula de culinária em Ubud

Fizemos nossa aula de culinária em Ubud no próprio hotel que nos hospedamos, o Wapa de Ume. Mais do que um hotel, ele é verdadeiramente um resort de luxo a 5 minutos do centrode Ubud.

A aula é oferecida pela manhã, às 7 am, ou à tarde 4pm, com duração de aproximadamente 5 horas. Ao término do curso, recebemos as receitas dos pratos elaborados e um certificado de conclusão do curso.

ubud-bali-aula-culinaria-1-11

Recomenda-se fazer a reserva com antecedência por email com o hotel. O custo é de 1 milhão de rupias! Ahahah, aproximadamente $ 100 dolares por pessoa.

Nafsu makan yang baik! (Bom apetite na Indonésia!)

+ Veja aqui um tour gastronômico por Paris com aula de culinária

Viagens e Outras Historias

Você vai gostar de...

Jatiluwih, os terraços de arroz de Bali Os terraços de arroz de Jatiluwih são provavelmente os mais belos de Bali. Jatiluwih é na verdade uma aldeia rural com uma vasta extensão de campos de...
Dicas de Seminyak, o melhor point de Bali Amo Bali e sempre que posso dou um jeito de voltar. Nesse artigo conto minhas dicas de Seminyak, o lugar que eu sempre escolho passar uns dias. Para v...
Dicas de Canggu, Explore Bali Um dos lugares que eu descobri e mais amei dessa última vez que estive em Bali foi Canggu (pronuncia-se é “tchangu”). O que me encantou lá foi a vibe ...
As melhores praias de Bali Aqui está minha listinha das melhores praias de Bali, que completa o roteiro dos templos e do interior da ilha. Pra início de conversa tenho que alinh...

Escrito por
Publicado em

Deixe aqui seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *