Há destinos de todos os tipos espalhados pelo mundo. Destinos históricos e culturais para quem quer aprofundar seus conhecimentos, destinos paradisíacos para quem precisa de sol e praia, destinos aventureiros pra quem tá a fim de adrenalina e até destinos pra quem busca apenas paz interior e descanso. Depois, há os que reúnem tudo isto. Assim é Zanzibar! Nesse artigo minha lista com 20 atividades imperdíveis em Zanzibar.

Nakupenda beach Zanzibar

Explore a histórica e cultural Stone Town

Patrimônio Mundial da UNESCO, Stone Town é o coração e a alma da ilha. Lá é possível absorver uma mistura de culturas, entre elas a árabe, a persa, a indiana e até a europeia. Perca-se por suas ruas sinuosas, observando seus prédios antigos e suas portas talhadas e decoradas. 

Stone Town

Os principais pontos turísticos em Stone Town são o Old Fort, Dajarani Market, a Casa onde Freddie Mercury viveu, a Catedral, Jaws Corner e o Centro de Artes Culturais de Zanzibar.

Freddie Mercury

Escrevi um outro artigo exclusivo sobre Stone Town, cheio de história, cultura e dicas para você curtir a capital da ilha. Confira aqui.

portas de Stone Town

Visite a Prison Island

Embora essa ilha tenha um nome meio intimidador, visitar a Prison Island é um passeio que vale fazer, não só pelo cunho histórico e natural, mas pela oportunidade de ver de perto as espécies de tartarugas gigantes que são encontradas em apenas 4 lugares no mundo (Zanzibar, Seychelles, Madagascar e Galápagos).

Tartarugas gigantes

É verdade que Zanzibar teve um passado sombrio, envolvendo o comércio de escravos. Eles usavam justo essa ilha para prender escravos rebeldes na década de 1860 e depois como um local para colocar em quarentena pessoas com febre amarela.

Prison Island
Prison Island Zanzibar

Felizmente isso é tudo passado. Hoje a ilha é uma reserva natural de tartarugas gigantes da espécie Aldabra, que estão ameaçadas de extinção. Elas vieram das ilhas Seychelles, e muitas delas têm mais de 100 anos! A mais velha tem 194. É fácil identificar porque o casco delas está marcado a giz com a idade de cada uma. É uma experiencia muito legal chegar bem pertinho e alimentá-las.

tartarugas zanzibar

Para chegar à Prison Island você deve fazer um passeio de barco saindo da praia de Stone Town. Há vários barcos pela manhã que fazem esse passeio. Demora mais ou menos 30 minutos de barco pra você chegar lá. A ilha está aberta todos os dias das 9 às 16h e a taxa de entrada custa aprox. US$ 5.

Prison Island

A ilha é rodeada por um recife de coral, você pode aproveitar um mergulho lá também. Meu tour combinava uma esticada até Nakupenda beach, um banco de areia que fica a mais ou menos 30 minutos de barco de Prison Insland. Super vale também!

Conheça um mercado de especiarias

Zanzibar é conhecida como a “Spice Island” devido às muitas especiarias cultivadas na ilha. Fazer um tour de especiarias é uma das coisas mais legais pra entender mais da sua cultura, história e da culinária.

especiarias zanzibar

Você poderá provar baunilha, açafrão, cominho, canela, masala e muitas outras, usadas para cozinhar ou para preparar medicamentos tradicionais. O guia explicará para que são usadas e quais são suas propriedades. E depois do tour você pode comprar algumas para levar para casa.

Faça uma aula de culinária em Zanzibar

Se você gostou dos aromas e sabores de Zanzibar, você pode também fazer uma aula de culinária. Eu fiz no hotel White Sand Beach em Paje, mas há muitas opções em Stone Town, incluindo a oportunidade de visitar o mercado para comprar os ingredientes e depois preparar a comida.

curso de culinaria zanzibar

Nós preparamos um prato de picadinho de carne com banana verde, claro que muitíssimo bem temperado. Em Stone Town procure pelo tour guiado de 3 horas chamado “Taste of Zanzibar”. Ele o levará a várias barracas e restaurantes locais, onde você poderá experimentar sabores autênticos. Você também pode fazer uma expedição gastronômica de 2 horas que inclui um almoço típico Zanzibari.

Abrace as crianças de Zanzibar

Em Zanzibar você vai encontrar crianças por todo o lado. Elas já chegam te emocionando cantando Jambo Bwana e nos saldando com um “Hakuna Matata”. Essa expressão ficou conhecida depois do filme “O Rei Leão” e tem sentido de “vida longa” ou “viva”. Literalmente, “hakuna matata” significa “sem problema” na língua swahili que é falada sobretudo na Tanzânia e no Kenya. Mas voltando as crianças, como são simpáticas e gulosas! Vão insistir até que você lhes dê um trocado ou um doce. Então, quando viajar para Zanzibar, se quiser levar alguma doação, leve roupa ou material escolar que é muito mais útil. Hakuna Matata!! ❤

Dicas de Zanzibar
crianças zanzibar

Almoce no The Rock

O restaurante The Rock, que fica na praia de Pingwe, na região de Michanwi, é simplesmente imperdível. Imagina que ele foi construído em cima de uma pedra no meio do Oceano Índico. Quando a maré está baixa, basta caminhar por alguns metros de água morna e rasa até a escada do restaurante. Na maré alta, um pequeno barco busca e leva os clientes até a praia.

The rock restaurante
The rock restaurante

Além do visual, você terá a oportunidade de experimentar ótimos pratos de frutos do mar. No menu tem salada de polvo, lagosta, camarão, peixe e lula, tudo muito fresco! A maioria dos pratos são cozidos na grelha e acompanhados de salada. A comida não é das mais baratas, mas ainda assim vale a pena. Espere pagar pelo menos US$ 60 por pessoa por um almoço. Ah, e peça o vinho com rótulo da casa, ele é produzido pela Spier uma vinícola que eu já tinha visitado na África do Sul.

the rock restaurante zanzibar

Eles servem almoço e jantar, mas recomendo ir durante o dia que é mais bonito. Não esqueça de reservar com antecedência, pois o restaurante tem apenas 15 mesas e muitas vezes está lotado. Reservei pelo site deles.

Conheça uma das fazendas de algas marinhas

Andando pela praia de Paje é fácil ver mulheres sentadas na água morna e rasa amarrando umas cordas entre gravetos enfileirados no mar. São as agricultoras de algas marinhas. Zanzibar tem sido historicamente o terceiro maior exportador de algas no mundo, depois das Filipinas e da Indonésia.

zanzibar

As algas (comercialmente viáveis) foram introduzidas pela primeira vez por ali no final dos anos 80. Isso transformou a vida das mulheres da ilha que passaram a ser capazes de sustentar suas famílias. A atividade chegou a empregar 25 mil pessoas – 90% mulheres. As algas são exportadas para China, Coréia, Vietnã, Dinamarca, Espanha, França e EUA, e são usadas como base para cosméticos, loções, creme dental, remédios e alimentos. Na China, por exemplo, é consumido como vegetal.

O impacto do aquecimento global

Mas ultimamente a produção de algas caiu muito. Elas estão morrendo, e muitas mulheres já estão deixando a agricultura. No auge, o comércio contribuía com quase US$ 8 milhões por ano para a economia de Zanzibar. Metade disso ia direto para o bolso das agricultoras. Agora muitas dessas mulheres voltam a depender mais uma vez de seus maridos. Elas dizem que a causa é o aumento da temperatura do mar que aumentou muito ultimamente. 😔

Pingwe Zanzibar

Sim, elas estão tentando encontrar outras maneiras de ganhar dinheiro, mas não é fácil. Algumas pessoas sugeriram mudar as fazendas para o fundo, onde as águas são mais frias. Mas o problema é que a maioria das mulheres em Zanzibar não sabem nadar… Então, agora elas precisam aprender a nadar ou dizer adeus à agricultura de algas.

Cooperativa de mulheres agricultoras

Na aldeia de Paje tem uma cooperativa onde você pode conversar com essas mulheres e ainda pode apoiá-las comprando seus produtos. Fazer um passeio organizado pela vila com um guia é uma boa maneira de obter uma visão da vida cotidiana delas, contribuindo para a economia local. Muitos passeios, como este, também incluem um almoço tradicional swahili.

Mergulhe no atol de Mnemba

Um passeio imperdível é o meio dia de barco até o Atol de Mnemba. O passeio inclui o snorkel em Mnemba, um picnic num banco de areia e vários mergulhos com golfinhos. A água é claríssima e, melhor, morninha! Não se esqueça de trazer sua máscara de mergulho e uma câmera à prova d’água ou uma Gopro.

banco de areia Mnemba

Ah, por favor, não toque no coral durante o mergulho ou snorkeling. Eles são realmente sensíveis e leva anos para eles se regenerarem se você os perturbar.

Você pode reservar sua viagem com antecedência aqui.

Faça um “Safari Blue”

O Safari Blue é um passeio diferente do Mnemba, então você pode fazer os dois passeios se tiver tempo. Partindo de Stone Town, esses passeios são uma das melhores maneiras de fazer snorkeling em Zanzibar.

golfinhos

O passeio começa na pequena vila de Fumba, na costa sul, navegando em um dhow tradicional até Menai Bay, onde você tem a chance de ver e nadar com golfinhos. Ali você vai fazer um snorkelling e explorar os recifes. O almoço é um buffet de frutos do mar que inclui opções frescas de frutos do mar com salada.

Pingwe

É um passeio de um dia inteiro. Você pode reservar seu passeio pelo Safari Blue aqui.

Faça kitesurf em Paje

Você sabia que Zanzibar é um lugar incrível para o kitesurf? O melhor lugar da ilha é provavelmente a praia de Paje, localizada a sudeste de Zanzibar, mas você também pode ter aulas na praia de Nungwi ou Jambiani. De fato, a maioria das praias turísticas oferece aulas de kitesurf, por isso, se você está começando, pode experimentá-lo em qualquer lugar.

Kitesurf zanzibar

O kitesurf é muito popular ali por causa dos bons ventos. Não se preocupe se você nunca tentou antes, existem muitos treinadores por ali que estão esperando a oportunidade de mostrar as técnicas e a graça do esporte.

A melhor época para praticar kitesurf é de janeiro a fevereiro ou de junho a setembro. Se você estiver lá durante esse período, poderá também ver alguns kitesurfistas famosos dando seus saltos!

Assista o pôr do sol com um Sunset Dhow Cruise

Zanzibar tem um por do sol lindíssimo, e você pode assisti-lo da terra ou na água.

Em terra, vários locais ao redor da ilha oferecem um bom local para o pôr do sol como por exemplo os bares de Kae Beach, uma baía de aguas calminhas e transparentes. Há um passeio saindo de Pingwe que inclui o manguezal. No final, só resta uma coisa para você fazer, relaxar na praia, ver o por do sol com uma cerveja Kilimanjaro gelada na mão.

sunset zanzibar
cerveja kilimanjaro

Uma boa dica também é assistir o pôr do sol na água, fazendo um cruzeiro ao pôr do sol. Muitas empresas em Zanzibar podem organizar isso. A maioria dos cruzeiros do pôr do sol parte das principais cidades do oeste da ilha, como a praia de Kendwa, mas você também encontrará cruzeiros saindo de Nungwi e Stone Town.

Vá ver as estrelas do mar de Zanzibar

Você sabia que a Estrela do Mar é um animal? Em Zanzibar são encontradas uma variedade enorme de cores, formas e tamanhos. Há um passeio de barco que vai numa área onde há um monte delas. O meu passeio saiu da praia de Pingwe.

estrela do mar

Na foto estava conversando com o filho de uma agricultora de algas que me falava que muitas espécies (são mais de 1600) estão correndo sério risco de extinção por conta do aquecimento global. Principalmente porque os animais dos quais elas se alimentam estão diminuindo e assim vai gerando uma espécie de perigo de extinção em cadeia. Não podemos deixar isso acontecer!

zanzibar

Relaxe nas paradisíacas praias de Zanzibar

Confesso que é difícil dizer quais são as melhores praias de Zanzibar. Na minha opinião, tudo depende do que você está procurando. Se estiver atrás de agitação, as praias do norte, como Nungi e Kendwa, são indicadas. São lindas praias, mas você estará cercado por muita gente. Mas, isso também significa que tem mais o que fazer – mais gente, mais passeios, mais vida noturna e mais novos amigos para conhecer!

Kendwa zanzibar

As praias do leste, como Matemwe, Pingwe e Paje, são as minhas favoritas devido à sua tranquilidade. Escolha a sua e volte aqui para me dizer, ok?

Nade com tartarugas em Nungwi

Em Paje, bem pertinho do hotel onde me hospedei, tem uma piscina natural onde você pode nadar com tartarugas verdes e vários peixes tropicais.

A lagoa tem acesso ao fluxo constante de água do mar. Dependendo da maré a lagoa pode estar funda ou rasa. Então se você estiver indo com crianças, use um colete salva-vidas.

nadar com tartarugas

O Baraka Acquarium cuida do processo de reabilitação das tartarugas. Tem lá um veterinário que verifica os animais e as libertam numa data fixa a cada ano. Há um sistema de marcação na liberação para monitorá-las.

Você paga uma entrada de 20000 xelins por pessoa, mas vale a pena. Você pode alimentar as tartarugas e nadar com elas! Eles são muito grandes e não têm medo de você. Leve uma GoPro e você terá as melhores fotos.

Experimentar a noite de Zanzibar

Boates em Zanzibar é sempre divertido! Existem vários lugares na ilha onde você pode desfrutar de uma noite ouvindo música, dançando, bebendo.

Eu fui ao Coccobello em Nungwi mas ouvi falar bem do Kendwa Rocks. Outros locais populares são o Cholo’s e e Jambo Beach Bungalows em Paje. Em Jambiani, no Red Monkey Lodge, eles fazem uma Crazy Monday Jam Session toda semana. Não fui mas ouvi bem. Se for, volte aqui para nos contar como foi!

noite em nungwi zanzibar

De qualquer forma, para saber um bom local na região onde você estiver, pergunte à equipe do hotel. Certamente eles lhe dirão o melhor lugar para sair à noite, só não deixe de viver essa experiência em Zanzibar.

Inspire-se com a música local

Tive a oportunidade de ouvir 2 belíssimas audições do Taarab, um tipo tradicional de música muito popular em Zanzibar e na costa leste da África com influências árabes, persas, indianas e africanas da década de 1880. Esse tipo de música surgiu na época que a ilha era governada pelo sultão de Omã, quem trouxe um conjunto de taarab do Oriente Médio para tocar em seu palácio em Zanzibar. Hoje essa música reflete a história da ilha e os diferentes sons musicais que surgiram nos Dhows, os barcos tradicionais de madeira que carregavam marfim, especiarias e escravos pelo Oceano Índico.

musica africana

Me encantei com o grupo Siti & The Band, que parecem ter fundido a música tradicional com o Jazz. As letras em swahili transmitem sentimentos apaixonados. Os conjuntos Taarab geralmente apresentam acordeão, violinos e flautas bateria em dumbek, riq, pandero, shekere e vários outros instrumentos como o qanun, um tipo de cítara, dando à música um som que ainda parece vir do Oriente Médio.

Visite a Jozani Forest

Jozani Forest é a última floresta intocada indígena que resta em Zanzibar. E também é o lar do raro macaco colobus vermelho. Ao caminhar pela floresta, você terá a chance de ver os macacos de perto e aprender sobre as várias plantas e animais.

macacos

Localizada na parte leste da ilha, no interior da Baía de Chwaka, uma área costuma inundar, o que por sorte alimenta uma floresta de pântanos única,

A area cobre cerca de 2.000 hectares com mais de 100 espécies de árvores e samambaias, mais de 40 espécies de pássaros e 50 espécies de borboletas. Existem várias trilhas naturais na floresta que você pode explorar para ver esses animais de perto.

Estas são algumas boas visitas guiadas que vão para a Floresta Jozani.

O parque está aberto todos os dias das 7:30 às 17h. Há uma taxa de entrada de US$ 8 que inclui um breve tour. Depois, você pode passear livremente pelas passarelas dos manguezais por conta própria.

E aí curtiu minha lista de 20 atividades imperdíveis em Zanzibar?

Não deixe de ver os outros artigos de Zanzibar e fazer suas reservas usando os links do blog. Você não paga nada por isso e ajuda na manutenção do site. Obrigada! 😉

Obrigada pela visita e volte sempre!

Flávia Ribeiro

Escrito por
Publicado em

Deixe aqui seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *